Frustração
STJ adia julgamento de habeas corpus em favor de Henrique Eduardo Alves
Superior Tribunal de Justiça (STJ) havia marcado para esta quinta-feira, a análise de um recurso do emedebista contra ordem de prisão decretada pela Justiça Federal de Brasília
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Análise do pedido estava agendada para esta quinta-feira (8), mas ficou para o dia 20

Após obter na Justiça Federal do Rio Grande do Norte decisão que o beneficiou com a prisão domiciliar, o ex-ministro Henrique Eduardo Alves estava na expectativa do julgamento de habeas corpus contra outro mandado de prisão.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) havia marcado para esta quinta-feira (8) a análise de um recurso do emedebista contra ordem de prisão decretada pela Justiça Federal de Brasília, mandado que o mantém atrás das grades. O julgamento, porém, foi adiado para o dia 20.

Nessa terça-feira, o juiz Eduardo Guimarães Farias, da 14ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, transformou em prisão domiciliar uma das prisões preventivas que pesavam contra o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB).

O benefício, que atende a uma solicitação da defesa, foi concedido pelo magistrado dentro do âmbito da operação Manus, que apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro supostamente cometidos durante a construção da Arena das Dunas, em Natal.

 

 

 

 

 

Fonte: Com informações de Época