terça,
Missão
“Preciso conhecer desde a recepção até a procuradoria”, afirma Raniere Barbosa
Recém-empossado, presidente explicou que também quer implementar sistema virtual de integração na Câmara Municipal de Natal
Reprodução
Raniere Barbosa (PDT), presidente eleito da Câmara Municipal de Natal

O presidente da Câmara Municipal de Natal, Raniere Barbosa (PDT), utilizou seu primeiro dia no cargo, após votação ocorrida no último domingo (1º), para conhecer as instalações da Casa. Raniere admitiu que ainda vai levar um tempo para cumprir sua missão de se familiarizar com todos os departamentos. De acordo com o presidente, ele espera que, no mínimo, em 15 dias consiga realizar o feito.

“Hoje me reuni com meus colegas para conhecer a estrutura operacional da Casa. Quando se é vereador, você está limitado pelas ações do Legislativo; já na presidência, a palavra tem que ser ‘operacionalidade’. Preciso conhecer desde a recepção, passando pela quadra do Legislativo; a contabilidade; procuradoria; a questão dos servidores efetivos; saber quem são os prestadores de serviços… E é para isso que estou me sentando, mas hoje não consegui fazer nem a metade do que queria. Acho que estarei trabalhando nisso pelos próximos 15 dias, até com o intuito de conciliar o manifesto que fizemos como meta; é exatamente isso que vamos buscar. Ainda há muitas ações que terei de conhecer, terei de ir de departamento em departamento”, disse o presidente da Câmara de Natal.

Com menos de 24 horas como presidente da Câmara, Raniere já busca implementar novas ideias na casa dos vereadores; ele discutiu nesta segunda-feira (2) a instalação de um sistema virtual que interligue todos os setores da Câmara. Com isso, Raniere busca uma melhor e mais rápida comunicação.

“Por enquanto, discutimos a princípio, com a Procuradoria Legislativa e com o Departamento Administrativo-Financeiro, a implementação de um software que interligue todos os setores, como o financeiro, gabinetes, Portal da Transparência, por aí vai… tudo isso teremos que conhecer aos poucos antes de disponibilizar”, concluiu, em entrevista concedida ao Portal Agora RN.