Medida
MP recomenda que Prefeitura de Tibau cobre dívida de ex-presidente da Câmara
Ex-gestor João Tomé Bezerra foi condenado a restituir os valores e pagar multa referente a irregularidades na prestação de contas durante sua gestão
José Aldenir / Agora Imagens
Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN)

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou ao Município de Tibau do Sul a execução de cobrança judicial a ex-presidente da Câmara Municipal condenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN). O valor da dívida é de R$ 37.226,38.

O ex-gestor João Tomé Bezerra foi condenado a restituir os valores e pagar multa referente a irregularidades na prestação de contas durante sua gestão. Devido ao não pagamento do montante, a Promotoria de Justiça iniciou inquérito civil com o intuito de acompanhar as medidas legais cabíveis em relação à execução da multa por parte da municipalidade.

A recomendação prevê o prazo de 40 dias para que o prefeito de Tibau do Sul execute a cobrança da condenação do ex-gestor. O valor deve ser restituído ao erário.