Marca-passo
Operação combate fraudes na Câmara e afasta vereador em Santana do Matos
Ao todo, 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos. Objetivo é combater esquema de desvio e lavagem de dinheiro público Parlamentar afastado do cargo está proibido de frequentar a Casa.
www.santanadomatos.rn.leg.br
Para o MPRN, há evidências do cometimento de crimes de organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro por parte de do vereador, empresas e empresários envolvidos.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta quinta-feira, 6 a operação Marca-passo. O objetivo é combater um esquema de desvio e lavagem de dinheiro público na Câmara Municipal de Santana do Matos. Um vereador foi afastado do cargo e está proibido de frequentar a Câmara. Ao todo, 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos.

Para o MPRN, há evidências do cometimento de crimes de organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro por parte de do vereador, empresas e empresários envolvidos.

O vereador está afastado da função de vereador e do cargo de servidor público municipal. Ele está proibido de acessar ou frequentar a Câmara de Santana do Matos e da Prefeitura Municipal, incluindo qualquer repartição pública.