"Só fala do golpe"
Fátima precisa falar menos de PT, Lula e Temer e olhar mais para o RN, diz Kelps
Em entrevista em Assu, deputado disse que senadora está “dessintonizada” com o RN por concentrar sua atuação em assuntos relacionados à política nacional
José Aldenir / Agora Imagens
Senadora Fátima Bezerra (PT) e deputado Kelps Lima (SD)

O deputado estadual Kelps Lima (SD) lançou críticas à senadora Fátima Bezerra (PT), sua provável adversária na eleição para o Governo do Estado caso os dois confirmem candidaturas nas próximas eleições. Em entrevista a uma rádio de Assu na sexta-feira, 9, o deputado disse que a senadora está “dessintonizada” com o Rio Grande do Norte por concentrar sua atuação em assuntos relacionados à política nacional.

“Eu gosto de Fátima, mas ela precisa começar a olhar para o Rio Grande do Norte e menos para o PT. Neste momento, o RN precisa restabelecer a confiança na máquina pública e ter foco na recuperação da economia, mas Fátima só fala de Temer, do golpe, Lula, até na intervenção no Rio de Janeiro ela opinou…”, disse Kelps.

Segundo o parlamentar, a petista tem se omitido do debate sobre assuntos essenciais do estado. “A gente não vê uma construção de pensamento sobre como vai colocar os salários em dia, resolver a greve da UERN e espalhar confiança às empresas do RN que precisam gerar emprego e pagar impostos”, complementou.

O deputado criticou ainda o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), e o governador Robinson Faria (PSD), demais pré-candidatos ao Governo do Estado. De acordo com Kelps, Carlos Eduardo “mantém-se no poder com apoio dos primos e quer continuar no poder para passar os cargos eletivos para uma futura geração de Alves”. Sobre Robinson, o deputado disse que o atual governador “pratica a política mais antiga que existe entre as forças tradicionais e conseguiu piorar o que já estava ruim no estado”.