quinta,
Encontro
Evento com Fátima, Requião e Mineiro lançará em Natal “Frente pela Soberania”
Objetivo, segundo Requião, é 'reunir não apenas o Congresso, e sim todo o país, em defesa dos interesses nacionais, fortemente agredidos pelo atual governo da República'
Mineiro Requião e Fátima
José Aldenir (Mineiro e Fátima)/Divulgação (Requião)
Deputado Fernando Mineiro (PT) e senadores Roberto Requião (PMDB-PR) e Fátima Bezerra (PT)

Depois de ser lançada em diversas capitais do país, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional (FPMDSN) chegará a Natal nesta quinta-feira, 7, em ato que será realizado às 9h30, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

O encontro, promovido pelo mandato da senadora Fátima Bezerra, em parceria com o mandato do deputado Fernando Mineiro, Frente Brasil Popular/RN, Adurn Sindicato e Associação dos Juristas Potiguares pela Democracia, contará com a presença do senador Roberto Requião (PMDB/PR), que é presidente da FPMDSN.

O objetivo da Frente, segundo Requião, é “reunir não apenas o Congresso, e sim todo o país, em defesa dos interesses nacionais, fortemente agredidos pelo atual governo da República”.

O senador listou exemplos da “investida contra a soberania nacional”. Segundo Requião, entre eles estão a venda de terras para estrangeiros, a “venda” do petróleo da camada pré-sal, a “submissão” à globalização financeira, a cessão da base de Alcântara, a desindustrialização do país e as reformas trabalhista e previdenciária, que, para o senador, precarizam direitos dos trabalhadores.

Para Requião, o “entreguismo” do governo Temer é explícito e caso não seja combatido acabará transformando o Brasil em um simples “estado associado”, como Porto Rico em relação aos Estados Unidos.

O lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, que tem apoio de 18 senadores e 201 deputados, ocorreu em junho passado, na Câmara dos Deputados.