Continuidade
“Carlos Eduardo quer perpetuar a geração Alves no poder”, afirma deputado estadual
Crítica de Kelps Lima é focada na possibilidade de Carlos Eduardo deixar a Prefeitura de Natal para disputar o cargo de governador do RN em outubro
José Aldenir / Agora Imagens / Gustavo Lima
"Carlos Eduardo está no poder graças aos primos", diz Kelps Lima

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) afirmou que o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) “quer perpetuar a geração Alves no poder”. A crítica do parlamentar é focada na possibilidade de Carlos Eduardo deixar a Prefeitura de Natal para disputar o cargo de governador do Rio Grande do Norte em outubro.

Kelps disse ainda que o prefeito de Natal tem se mantido no poder graças ao apoio dos primos. “Carlos Eduardo mantém-se no poder com apoio dos primos e quer continuar no poder para passar os cargos eletivos para uma futura geração de Alves”, apontou.

A menção é direcionada ao senador Garibaldi Alves (PMDB), que pretende tentar se reeleger no Congresso Nacional para um novo mandato de oito anos, ao deputado federal Walter Alves (PMDB) e ao ex-ministro do Turismo e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), preso desde 6 de junho de 2017,  pela Polícia Federal em um desdobramento da Operação Lava Jato.

Batizada de “Manus”, a ação da PF apura atos de corrupção ativa e passiva, além de lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, para a Copa do Mundo de 2014. Henrique ainda é alvo da Operação Sépsis, que investiga desvios no fundo de investimentos do FI-FGTS.

Recentemente, Kelps Lima instalou em Natal outdoors cobrando que Carlos Eduardo cumpra sua promessa de se manter no cargo de prefeito até o fim de seu mandato, em 2020. “Vai cumprir sua promessa ou vai trair o povo de Natal?”, questiona na imagem.

Em 2016, Carlos Eduardo escreveu em seu perfil no Twitter a seguinte mensagem: “Aviso aos candidatos a vice prefeito em nossa coligação: se for eleito, vou cumprir integralmente o mandato até 2020. INAPELAVELMENTE!”. A publicação foi utilizada pelo deputado estadual para ilustrar os outdoors.

Outdoors de Kelps cobram cumprimento de promessa de Carlos Eduardo (créditos: Kelps Lima)

Fátima Bezerra “dessintonizada”

A senadora Fátima Bezerra (PT), que tem seu nome ligado à disputa do Governo do RN, também foi criticada por Kelps. O deputado opinou que Fátima tem estado “dessintonizada” com a política potiguar. Ele crê que a senadora só tem prestado atenção em assuntos relacionados à política nacional.

“Eu gosto de Fátima, mas ela precisa começar a olhar para o Rio Grande do Norte e menos para o PT. Neste momento, o RN precisa restabelecer a confiança na máquina pública e ter foco na recuperação da economia, mas Fátima só fala de Temer, do golpe, Lula, até na intervenção no Rio de Janeiro ela opinou…”, frisou Kelps, que estuda a possibilidade de também se candidatar ao Governo do RN em 2018.