Xilindró
Suspeitos de roubo, adulteração e venda de veículos são detidos pela Deicor
De acordo com informações da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado, a localização dos suspeitos aconteceu após o recebimento de uma denúncia anônima
Assessoria de Imprensa
Quadrilha adulterava veículos roubados em uma oficina localizada na Zona Norte de Natal

Quatro integrantes de uma associação criminosa especializada em roubos, adulteração e venda de veículos foram presos em flagrante por policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) na tarde da terça-feira, 4, em Natal.

Os suspeitos foram identificados como Miguel Alexandre Araújo Damasceno, 23 anos; Allan de Souza Araújo, 18 anos; Emanuel Vieira da Silva, vulgo “Manelzinho”, 28 anos e Izaias Carvalho da Cunha, 43 anos. A quadrilha adulterava veículos roubados em uma oficina localizada na zona Norte da capital.

De acordo com informações da Deicor, a localização dos suspeitos aconteceu após o recebimento de uma denúncia anônima informando que um veículo HB20 roubado estaria estacionado próximo a um posto de combustível, localizado no bairro de Nova Parnamirim. Investigadores da Especializada foram até o local e verificaram o momento em que Miguel Alexandre entrou no carro. Policiais civis abordaram o suspeito e encontraram com ele um bloqueador de alarme e rastreador de veículo, usado durante roubos de veículos automotores.

Durante a abordagem policial, Miguel Alexandre relatou que havia recebido o veículo de Allan de Souza. Depois dessa declaração, os policiais conseguiram localizar o suspeito no bairro Conjunto Pirangi e conduziram até a delegacia para prestar depoimento.

Allan relatou que havia pego o veículo e guardado com a ajuda de Emanuel Vieira, em um condomínio no bairro de Nova Parnamirim. Os policiais civis deslocaram-se até o condomínio e localizaram Emanuel Vieira, que confirmou que havia “guardado” o HB20 e mais outros dois veículos roubados.

Durante o interrogatório de Miguel, ele confirmou que os carros roubados eram adulterados em uma oficina na zona Norte, pertencente a Izaias Carvalho da Cunha. O suspeito foi conduzido à delegacia para ser ouvido. Diante da materialidade dos crimes, os quatro suspeitos foram atuados em flagrante delito pelos crimes de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e associação criminosa.