Publicidade
Perigo
Revólver é apreendido por guardas dentro de escola pública em Natal
Membros da Guarda Municipal foram acionados por meio de uma denúncia que relatava que na escola havia alunos portando arma de fogo
Divulgação / GMN

Agentes da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN) apreenderam na tarde desta terça-feira, 2, um revólver calibre 22 que estava em poder de um estudante matriculado na Escola Municipal Santos Reis, situada no bairro das Rocas, zona Leste da capital. O aluno estava circulando armado pelas dependências da escola quando foi surpreendido pelos guardas municipais.

De acordo com informações repassadas pela guarnição da Romu, os guardas foram acionados por meio de uma denúncia que relatava que na escola havia alunos portando arma de fogo. Os agentes foram até o local e iniciaram a abordagem aos estudantes, que tiveram as mochilas revistadas.

“Numas das mochilas localizamos o revólver que estava inserido dentro de um coldre de couro”, contou um dos guardas. No momento da apreensão a arma estava sem munição. Os guardas ainda buscaram mais informações na tentativa de localiza as munições, porém não foi encontrada em nenhuma das bolsas revistadas. O aluno foi identificado e os pais do mesmo foram chamados para realizar os procedimentos legais.

A ação ostensiva da GMN nas escolas municipais de Natal vem possibilitando a tranquilidade no ambiente pedagógico. Além do patrulhamento da Ronda Ostensiva, a GMN conta com a Ronda de Proteção Escolar (Rope) que cumpre sua missão atuando em três frentes distintas e integradas. A primeira é o trabalho da Ronda Escolar, que age patrulhando e visitando regularmente todas as unidades da rede pública do município. A segunda é voltada para o planejamento e a segurança de eventos promovidos pelas escolas. Nesse sentido, são implantadas medidas de segurança para atuar de forma móvel e fixa, dependendo das necessidades.

Por fim, as ações sociais preventivas onde os alunos das mais variadas faixas etárias recebem dos guardas municipais palestras e informações de maneira lúdica, fomentando a imagem do policial como um agente protetor e amigo.

O comandante da GMN, Alberfran Grilo, ressaltou a importância da integração da corporação com a comunidade escolar como uma maneira de quebrar qualquer possibilidade de distância entre o cidadão e o operador de segurança pública. “As 146 escolas municipais de Natal contam com patrulhamento diário. Hoje a Guarda e a comunidade escolar agem integradas e quem ganha é a sociedade com mais segurança”, concluiu o comandante.

Publicidade
Publicidade