Publicidade
Flagrante
PM de São Paulo apreende armas que viriam para Natal com duas mulheres
Foram apreendidos um fuzil, quatro pistolas e munições que estavam com duas mulheres; armas seriam para o PCC
Divulgação/Rota SP
Armas seriam entregues para integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC)

A polícia militar de São Paulo efetuou a prisão de duas mulheres na última terça-feira, 3, em Mairiporã, região metropolitana da capital paulista, com um fuzil, quatro pistolas e munições. A dupla transportava o armamento para a cidade de Natal (RN).

O carro foi parado em uma blitz na BR-381, rodovia Fernão Dias. Durante a abordagem, as mulheres ficaram nervosas e acabaram confessando o crime. A identidade das duas não foi revelada. Dentro do carro, um modelo Citroen Xsara, os policiais descobriram um compartimento secreto abaixo do painel eletrônico. No espaço, os policias encontram os materiais ilícitos.

De acordo com a motorista do veículo, apenas ela sabia da existência das armas – um fuzil de uso restrito das Forças Armadas, quatro pistolas e pacotes de munição.

Ela disse aos policiais que pegou o carro no estacionamento da rodoviária do Tietê. Do estacionamento ela seguiu para São Caetano do Sul (SP) e depois para Tiradentes (MG). Foi na cidade mineira que o carro foi abastecido com as armas e ela recebeu dinheiro para seguir viagem.

Segundo a mulher que dirigia, o carro deveria ser entregue no sábado, 7, em Natal (RN), mas ela não sabia para quem. Ela receberia uma ligação para fazer a entrega. Há suspeita é de que as armas seriam entregues para integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Rio Grande do Norte. Ela disse que receberia R$ 2 mil para a fazer o transporte e a entrega das armas e munições.

O caso foi registrado na delegacia de polícia de Mairiporã. As mulheres serão autuadas por porte ilegal de armamento restrito, porte ilegal de arma e formação de quadrilha.

Publicidade
Publicidade