Publicidade
Ocorrência
Operação da Guarda Municipal apreende paredão de som na Zona Norte
Ação resultou na apreensão de um paredão de som e o responsável pelo evento foi detido e conduzido à Delegacia de Plantão
Assessoria de Imprensa
Paredão de som apreendido pela Guarda Municipal

Uma operação conjunta unindo o Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e a Polícia Militar (Cipam e 4º BPM) interditaram na noite do sábado, 11, uma festa com utilização de paredões de som, que ocorria num lava-jato situado na Rua Paulistana, bairro Potengi, na zona Norte da capital. A ação resultou na apreensão de um paredão de som e o responsável pelo evento foi detido e conduzido à Delegacia de Plantão.

A coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria, explicou que ainda no sábado pela manhã os guardas municipais tiveram a informação que logo a noite seria realizada uma festa no lava-jato com a participação de cinco artistas e utilização de paredões de som. O evento estava sendo divulgado em redes sociais. “Estivemos logo cedo com a Semurb para verificar a situação. Encontramos no local três paredões de som onde um estava acionado e foi recolhido, em seguida foi feito o procedimento de interdição”, contou.

Os guardas municipais e fiscais ambientais deixaram o local e no horário marcado para iniciar a festa os agentes voltaram e encontraram o evento sendo realizado e, além de utilizar paredões de som acionados, o responsável pelo evento estava descumprindo uma interdição total de festa, que acontecia em área privada de acesso público. “Nesse momento contamos com o apoio de policiais militares da Cipam e do 4° Batalhão, finalizamos a festa e o responsável foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos”, informou a coordenadora do Gaam.

Além da apreensão dos equipamentos de som utilizados no evento, o responsável foi autuado por infração ambiental transgredindo artigos das leis municipais 4.100/92 (Código do Meio Ambiente) e a lei 6.246/11 (Proíbe uso de paredões de som).

O cidadão pode denunciar o uso irregular de paredões de som ligando para o telefone 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que as viaturas do Grupamento de Ação Ambiental da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia. Nesse caso o cidadão não precisa se identificar, basta orientar o local e a ação delituosa.

Publicidade
Publicidade