Publicidade
Laudo
Mulher encontrada morta dentro de carro em Caicó pode ter sido estrangulada
Informação é da jornalista Roberta Trindade, da TV Tropical; no entanto, não foi confirmada - e nem desmentida - pelo ITEP
Reprodução / Facebook
Zaira Cruz tinha 22 anos

A causa da morte da jovem Zaira dos Santos Cruz, de 22 anos, encontrada sem vida dentro de um carro na cidade de Caicó no último sábado, 2, já durante os festejos de carnaval, pode ter sido estrangulamento. A informação é da jornalista Roberta Trindade, da TV Tropical.

Segundo Roberta, o laudo do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) que foi entregue à Polícia Civil ao longo desta semana apontou asfixia mecânica como fator da morte da jovem. A informação, no entanto, não foi confirmada – e nem desmentida – pelo ITEP, que mantém o laudo em sigilo.

Amigos de Zaira informaram à Polícia que ela havia ido dormir no carro, mas quando um deles foi até o veículo para encontrá-la, constatou que estava desacordada. Ele acionou, então, o Corpo de Bombeiros. Ao chegar no local, Zaira já estava sem vida. Não havia sinais de violência no corpo.

O laudo do ITEP só não foi divulgado amplamente para familiares e imprensa porque a Polícia Civil conduz a investigação em sigilo. Desta forma, para não atrapalhar os trabalhos da corporação, o órgão apenas repassou o documento para o delegado responsável pelo caso.

Publicidade
Publicidade