Publicidade
Críticas
Ex-presidente da Câmara culpa “classe política pela atual situação vivida” no RN
Vereador insistiu que, enquanto outros estados como a Paraíba já desarmaram os seus palanques, a falta desse espírito aqui está afetando o Rio Grande do Norte economicamente
José Aldenir / Agora RN
Vereador Raniere Barbosa (Avante) também não poupou o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT)

Ex-presidente da Câmara Municipal de Natal, o vereador Raniere Barbosa (Avante) disse que “a responsabilidade pela atual situação econômica do Rio Grande do Norte é de todos os políticos que precederam a governadora Fátima Bezerra”.

Taxativo, ele declarou que “a mediocridade que o Rio Grande do Norte vive hoje é fruto da classe política do estado, que é a grande responsável pela situação que vivemos hoje”.

Ele insistiu que, enquanto outros estados como a Paraíba já desarmaram os seus palanques, a falta desse espírito aqui está afetando o Rio Grande do Norte economicamente. “O RN ficou refém dessa mesquinharia política”, reiterou.

Em entrevista ao programa Agora em Debate, na 97.9 FM, ele declarou que “quem ganha quer destruir quem perdeu e quem perdeu quer atrapalhar quem ganhou”.

No mesmo tom, o vereador criticou alguns apoiadores do presidente da República Jair Bolsonaro em Natal “que se dizem elite” e agora “só ficam elogiando o presidente eleito e criticando a governadora”. “Essas pessoas não entendem que a política é o instrumento de uma ciência para tentar realizar ações que sejam proativas”, acrescentou.

Ao recordar seu apoio à governadora eleita no segundo turno, Barbosa lembrou que também trabalhou pela candidatura dela em 2008, quando a petista perdeu para Micarla de Souza a eleição para Prefeitura de Natal.

Oposição ao prefeito
Sobre o relacionamento com o prefeito de Natal Álvaro Dias, o vereador disse que fará oposição a ele na Câmara Municipal, mas reconheceu a lisura do chefe do Executivo no relacionamento institucional com o Legislativo.

“Nunca fui ao gabinete do prefeito quando era presidente da Câmara, mas o prefeito Álvaro Dias foi por três vezes na presidência da Câmara”, lembrou, sem se esquecer um notório desafeto, o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves. “Este sempre foi muito distante da Câmara”, comentou.

Enquanto criticava a administração, mas elogiava a postura institucional de Álvaro Dias, Raniere não poupou mesmo foi Carlos Eduardo Alves, ex-prefeito de Natal e de quem foi aliado durante alguns anos.

“Enquanto o outro prefeito, Carlos Eduardo, sempre foi muito distante da Câmara, justiça seja feita, com o prefeito Álvaro Dias a Câmara teve voz e a bancada do governo teve espaço para trabalhar, bem como a oposição para se manifestar”, ressaltou.

Ao ser questionado a respeito da possibilidade de o ex-prefeito ser candidato a vereador de Natal nas eleições do próximo ano, o ex-presidente da Casa provocou o, agora, desafeto político. “Eu quero que ele saia para que explique o que queria dizer quando afirmou que vereador não valia nem um palito de fósforo queimado”, concluiu.

Publicidade
Publicidade