Publicidade
Projeto Social
Estudantes de Brejinho ganham livros em mais uma ação Federais Solidários
Projeto desenvolvido pelo Sindicato dos Policiais Federais do RN acontece nesta quarta-feira (16) na Escola Estadual José Lúcio
Sinpef-RN
Livros que serão doados são do escritor e dramaturgo Junior Dalberto, que também é policial federal e também é palestrante

Estudantes da Escola Estadual José Lúcio, na cidade de Brejinho, no interior potiguar, ganharão livros na tarde desta quarta-feira (16) durante mais uma ação do projeto social Federais Solidários, desenvolvido pelo Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Norte (Sinpef-RN).

“O projeto consiste na apresentação de palestras que abordam assuntos relevantes para a formação dos jovens”, destacou o policial federal Giovany Batista, que vai falar sobre as drogas e os danos que elas causam à saúde. Os perigos da internet, a importância da leitura e corrupção são os outros temas apresentados aos estudantes. A participação nas palestras é gratuita e aberta para toda a comunidade.

Os livros que serão doados são do escritor e dramaturgo Junior Dalberto, que também é policial federal e também é palestrante. ‘Pipa voadora sobre brancas dunas’’, que é uma das oito obras já lançadas pelo autor, é um romance lançado em 2011 e que já está em sua quarta edição. Ganhou o prêmio Troféu Monteiro Lobato de Honra ao Mérito como melhor livro de literatura fantástica de 2019, concedido pela Associação Internacional de Escritores e Artistas.

Desde que o projeto Federais Solidários foi lançado, há 2 anos, cerca de 1.000 livros já foram distribuídos gratuitamente para jovens da rede pública de ensino do Rio Grande do Norte e também do Acre, onde o Federais Solidários também foi apresentado.

A apresentação na Escola Estadual José Lúcio começa às 16 horas, é gratuita e aberta à toda a comunidade.

Eleições

Esta é a última apresentação do projeto até a realização da eleição para a próxima diretoria do Sinpef-RN, marcada para o próximo dia 21. Cerca de 300 policiais federais, lotados em Natal e Mossoró, estão aptos a votar.

“Por meio das palestras que apresentamos, damos a nossa contribuição para uma sociedade mais consciente. Educar nossos jovens é fundamental para um futuro melhor. E são projetos como este, como o Federais Solidários, que nos possibilitam fazer este trabalho. Eu temo pelo futuro do projeto, caso uma nova diretoria venha a nos substituir. Mas, vamos lutar para que isso não aconteça e a gente possa seguir com a nossa missão”, destacou Junior Dalberto.

Publicidade
Publicidade