Violência
Casal é morto a tiros após família ser feita refém por criminosos em Extremoz
Criminosos mantiveram dois membros da família como reféns enquanto aguardavam a chegada de casal; suspeitos buscaram por dinheiro e executaram as vítimas antes de fugir
Homicidio em Oficina nas Quintas -Diego Luiz Freire de França (18)
José Aldenir/ Agora Imagens
Imagem ilustrativa

Um casal, identificado como Sandiê Leite do Nascimento, de 38 anos, e Leone Moura da Costa, de 44 anos, foi morto em sua própria residência na noite desta quinta-feira, 10, no município de Extremoz, na Grande Natal.

Segundo informações da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), quatro homens teriam invadido a casa onde a família morava, localizada na Rua Projetada, no bairro das Malvinas. Por volta das 22h, os criminosos chegaram e mantiveram refens a mãe e a sobrinha de uma das vítimas, enquanto aguardavam a chegada do casal.

Quando Sandiê e Leone chegaram em casa, os bandidos liberaram as reféns e iniciaram uma busca por dinheiro na residência. Antes de fugirem, os homens executaram o casal. De acordo com a polícia, ambos trabalhavam com vendas de terrenos e os suspeitos teriam os visto como potenciais vítimas para um assalto. Até o momento, não se sabe informar o valor levado pelos criminosos.

A Polícia Civil investiga o caso.