Entenda
Tosar o cachorro no verão é mesmo uma boa ideia? Saiba mais
Os pelos do canino funcionam como isolante térmico, por isso tosá-lo completamente nem sempre é recomendado
Reprodução/ Shutterstock
A tosa pode expor os bichinhos a um risco de superaquecimento

Com o verão se aproximando, os donos correm até os pet shops para tosar o cachorro. A maioria acredita que os pelos esquentam a pele do animal, por isso a melhor forma de resfrecá-lo é aparando os fios. Mas será que tosar é mesmo uma boa ideia?

Ao contrário do que imaginamos, os pelos dos animais funcionam como um tipo de isolamento térmico, impedindo que a temperatura externa machuque sua pele. Ou seja, no inverno, eles funcionam igual um cobertor e no verão, igual uma “geladeira”. Portanto, antes de tosar o cachorro completamente, leve esta informação em consideração.

A tosa pode expor os bichinhos a um risco de superaquecimento e, possivelmente, queimaduras de pele se ficar muito sob o sol. Apesar de tudo, aparar os pelos duas vezes ao ano é altamente recomendável. Isso é imprescindível para eliminar os fios rebelde, deixar o couro cabeludo respirar e removar os pelos velhos para que novos nasçam.

Em relação ao melhor período do ano para tosar, muitos veterinários recomendam o outono e primavera. Nessa época as temperaturas ainda estão amenas, nem calor demais e nem frio demais, então evita maiores danos na pele.

Contudo, saiba que não é proibido aparar a pelagem do bichinho no verão. Algumas raças são mais tolerantes do que outras, por isso, pode ser que para seu canino a tosa seja indicada e para outro não. Consulte o veterinário previamente.

Se você optar por não tosar o pet, existem outras formas de refrescá-lo no verão:

  • Mantenha a casa arejada. Abra as janelas, ligue o ar condicionado ou o ventilador. É importante não deixar o animal próximo a saída de ar, pois pode ser bem incômodo e provocar um resfriado.
  • Deixe água fresca sempre a disposição. Mantenha o bebedouro do pet cheio, limpe regularmente e, se perceber que a água da torneira sai quente, misture com um pouco da gelada.
  • Compre uma caminha feita de materiais frios. Peças de plástico, por exemplo, esquentam muito sob o sol. A solução é cobrir com um pano velho ou comprar uma nova.
  • Ofereça um espaço na sombra para o animal relaxar ao longo do dia. Cobra com panos o chão para não queimar a pele dele.
  • Escove os pelos regularmente. Por mais que não seja recomendado tosar o cachorro no verão, escovar é muito importante para eliminar os fios mortos e evitar o acúmulo deles. Mas, se você não tem esse costume, é melhor aparar a pelagem.

 

Fonte: iG