Terapia
Estudo aponta que assistir a vídeos de gatinhos reduz estresse e revitaliza
Embora exista uma ideia de que pausar as tarefas diárias para conferir vídeos como estes possa ser uma forma de procrastinação, o estudo apontou o contrário
Reprodução
Objetivo inicial do trabalho era verificar se os clipes seriam capazes de surtir um efeito similar ao de terapia com animais

Uma pesquisa publicada na revista online Computers in Human Behavior revelou que assistir a vídeos engraçados com gatos pode reduzir estresse e revitalizar as energias.Elaborada pela Universidade de Bloomington nos Estados Unidos, a pesquisa contou com cerca de 7 mil voluntários. Embora exista uma ideia de que pausar as tarefas diárias para conferir vídeos como estes possa ser uma forma de procrastinação, o estudo apontou o contrário.

O objetivo inicial do trabalho era verificar se os clipes seriam capazes de surtir um efeito similar ao de terapia com animais. Logo, evoluiu para investigar o quão mal as pessoas se sentiam por assistirem aos vídeos no horário de trabalho ou enquanto realizavam outras tarefas.Os resultados mostraram que o prazer de ver conteúdos assim no YouTube ou na TopBuzz, plataforma de textos e vídeos, pode trazer recompensa emocional. Isto é, a satisfação faz com que superem a culpa por procrastinar no trabalho.

A diminuição de emoções negativas como tristeza, revolta e estresse também foi constatada.Igualmente, notou-se tendência em pessoas que possuem gatos ou que sejam mais tímidas e introspectivas a acessarem conteúdos como estes numa frequência muito maior em comparação a outros perfis.O estudo, em inglês, pode ser verificado na revista ou no site ScienceDirect em formato digital.