Sem pelos
Conheça o gato-lobisomem, a nova raça felina que vem surpreendendo
A raça chamada oficialmente de Lykoi ('lobo', em grego) foi apresentada pela Associação Mundial de Gatos
Reuters
A raça, que oficialmente se chama Lykoi (“lobo”, em grego), ganhou o apelido por um motivo simples

Uma nova espécie de gato acaba de ser reconhecida, e ela é provavelmente a coisa mais descolada que você vai ler hoje. Conheça o gato-lobisomem.

A raça, que oficialmente se chama Lykoi (“lobo”, em grego), ganhou o apelido por um motivo simples: sua escassez de pelos. Uma mutação genética característica dos gatinhos do tipo, faz com que sua pelagem seja curta. O resultado é a ausência de pelos em partes específicas do corpo, criando uma espécie de máscara que conecta focinho, olhos e orelhas. A pelagem preta e os olhos geralmente dourados completam o visual que, coincidentemente, Hollywood sempre escolheu para representar os lobisomens.

Diferentemente de espécies como os gatos Perfold (que vem fazendo sucesso na internet), os Lykois não foram geneticamente modificados. São uma mutação natural que começou a ser notada em gatos nos últimos anos. A criação espontânea da natureza, entretanto, ainda continuava no ostracismo científico. Entre 2011 e 2017, o animal foi estudado pela Tica, sigla em inglês para Associação Internacional de Gatos. E ano passado finalmente passou a ser reconhecida como uma espécie devidamente única e categorizada. No mesmo ano foi dado o anúncio de que animais da raça poderiam começar a participar de competições oficiais, como concursos de beleza. Agora nesta quarta, a Tica apresentou oficialmente a espécie, durante em evento do Clube Americano de Canis.

A Tica ainda afirma que o comportamento dos gatos-lobisomens tende a ser homogêneo. “O Lykoi é um gato muito inteligente. Ótimo em brincadeiras que o desafiam”, afirma o site oficial. “Às vezes, ele pode demonstrar comportamentos comuns em cães; ele costuma caçar e perseguir como lobos”, completa.

 

 

Fonte: Superinteressante