Solidariedade
Com ajuda de voluntários, ONG consegue retirar animais em situação crítica das ruas
Em três anos de trabalho, 600 pets já foram tratados e adotados através do Instituto, 50 permanecem sob cuidados especiais
Divulgação

Um olhar para o abandono e maus tratos: floresceu a compaixão. Luciene Lima de Azevedo, 50 anos, Assistente Social, apaixonada por pets, nunca aceitou ver um animal abandonado, ferido pelas ruas e não fazer nada. “Desde muito criança já me sentia na responsabilidade de cuidar deles. Tenho amor por eles”. Esse amor foi longe, e com ajuda do jovem Liebermann de Souza Farias, 20 anos, nasceu o Instituto Senhores Patas.

O Instituto, que existe há três anos já ajudou mais de 800 animais que viviam em condições críticas de saúde. No abrigo, além de receberem cuidados veterinários e alimentação adequada, os pets dormem em camas com lençóis limpos e, como Luciene gosta de enfatizar, lavados todos os dias. O local conta com voluntários para a limpeza e cuidados diários, além da ajuda, também voluntária, das veterinárias Andrea Leite e Romeika Reis.
“Cuidamos deles sem gaiolas”, diz a fundadora orgulhosa. “A luta e árdua e diária, todos os dias são muitos pedidos, e a medida que as pessoas conhecem nosso trabalho, eles só crescem, infelizmente não temos condições de salvar a todos”, diz.

Dos 800 animais, 600 foram adotados. De acordo com os coordenadores, eles fazem questão de acompanhar como estão sendo tratados os bichinhos em seus novos lares.
Como todo trabalho, voluntário, o Instituto necessita doações. Os materiais utilizados diariamente, principalmente de material de limpeza, ração, toalhas, lençol e ração. As doações podem ser entregues em local combinado ou no próprio instituto. “Gostamos de receber visitas, não precisa marcar porque estamos diariamente lá”, enfatiza Luciene.

Como ajudar

Quem desejar contribuir com o trabalho, pode entrar em contato através do Instagram da ONG @institutosenhorespatas ou pelos telefones: 84 9700-5338/ 84 8749-5273.