domingo,
Simples
Características e cuidados a serem tomados com o peixe Beta
O peixe beta é muito resistente, e pode chegar a viver muitos anos desde que o criador tenha os cuidados necessários
Ilustração
O peixe beta pode ser alimentado com alimentos apropriados para peixe

Nós seres humanos temos o costume de criarmos animais de estimação (cachorros, gatos e outras espécies animais), que acabam se tornando parte integrante de nossa rotina e sendo seres muito importantes para cada um de nós.

Entre os animais criados estão os peixes ornamentais, que geram efeitos ornamentais e estéticos em uma residência, como também auxiliam as pessoas a trabalharem a sua paciência e ajudam a combater o estresse.

Um ambiente que tem a presença de peixes ornamentais consegue transmitir um aspecto de calma e tranquilidade ao ambiente.

O peixe Beta

O Betta Splendens ou simplesmente Beta é uma espécie de peixe que possui grande popularidade no mercado de comercio de aquários e peixes ornamentais. O peixe beta é muito conhecido devido a sua coloração bonita e exuberante que ornamentam os aquários.

Essa espécie de peixe é resultante de uma mutação genética causada pelo homem (os betas selvagens não lembram o belíssimo peixe ornamental) e o peixe beta possui esse nome, devido ao fato dessa espécie ter sido descoberta em uma região da Tailândia que ficava próxima a uma tribo chamada ikan bettah.

O peixe beta é popularmente conhecido pelo nome de peixe combatente ou peixe de briga, devido a uma de suas características que é a agressividade que ele manifesta aos outros peixes beta.

Essa agressividade do peixe beta é manifestada como forma de defesa, pois ele só briga quando aparece um outro peixe macho (do tipo beta) no território que ele está habitando. Devido a essa característica, é comum vermos pessoas colocarem dois peixes betas machos em um pequeno aquário, para que eles briguem (rinhas) até que um deles morra.

As características e os cuidados a serem tomados com o peixe Beta

O peixe beta é um tipo de peixe ornamental que é simples de ser cuidado, pois não exige muita atenção, tempo e cuidados da parte de quem cria.

O habitat do peixe beta é um pequeno espaço, com pouca quantidade de oxigênio e sem a existência de obstáculos.

O peixe beta se caracteriza por ser um peixe ornamental que apresenta cores muito bonitas e exuberantes, se tornando encantador pelo colorido.

O peixe beta, normalmente, é criado isoladamente (muitas pessoas criam em potes de vidro de café), e apesar da fama e apelido, é um peixe muito dócil. O peixe beta consegue conviver de forma harmônica e tranquila com peixes de outras espécies, no entanto se colocado com outro peixe beta macho em um mesmo local, a sua agressividade irá se manifestar.

As fêmeas podem se tornar agressivas quando são colocadas em um pequeno aquário, e a peixe beta fêmea de maior tamanho assume a liderança e domina as demais fêmeas.

Pelo fato do peixe beta não precisar de muito espaço para crescer e se desenvolver de maneira plena, por isso pode ser criado em qualquer local: um pequeno aquário ou em beteiras, que podem ser adaptadas através de: vidros de café, vidros de maionese, pequenas compotas e usando a criatividade você pode cortar garrafas pets e criar pequenos viveiros para essa espécie de peixe ornamental.

O peixe beta é muito resistente, e pode chegar a viver muitos anos desde que o criador tenha os cuidados necessários com a alimentação e a limpeza da água do aquário ou beteira.

O custo de manutenção do Peixe Beta é muito baixo, necessitando de poucos cuidados para que o peixe se desenvolva e viva por um longo tempo.

Entre os cuidados necessários com a criação do peixe beta é a questão da temperatura da água. É interessante que a mesma oscile numa variação de 22 (vinte e dois) a 30 (trinta) graus, saindo desse intervalo é preocupante para a sobrevivência do seu peixe ornamental. Para o controle da temperatura, você irá ter e necessidade de um termômetro apropriado para as medições.

Procure observar o seu peixe beta todos os dias (pode fazer isso na hora em que for dar o alimento) e observe características como: apetite, manchas na pele, pintas na pele e qualquer outro sinal estranho. Qualquer variação pode ser sinal de alguma doença estar acometendo o seu peixe beta.

A alimentação do peixe Beta

O peixe beta pode ser alimentado com alimentos apropriados para peixe. No mercado existem diversas possibilidades que satisfazem as necessidades do peixe ornamental.

Você pode colocar em média 4 flocos ou grãos de ração para peixe, em uma média de 02 (duas) vezes ao dia.

É necessário cuidado para não colocar comida em excesso para o seu peixe beta, pois alem de evitar que ocorra o desperdício de alimento, você evita que a água fique suja, pois como normalmente as beteiras não apresentam filtro, a comida irá ficar podre, o que prejudica tanto a qualidade da água, como pode ocasionar doenças ao seu peixe ornamental.

Caso o seu peixe beta não consuma todo o alimento que você colocou, procure adquirir em lojas especializadas uma rede apropriada para retirar os restos de alimento que ficaram na beteira.

Não se preocupe se o seu peixe beta passar vários dias sem se alimentar, pois como o beta é de uma espécie bastante resistente, ele consegue ficar um tempo sem se alimentar e sem causar danos a sua saúde.

Os especialistas em peixes ornamentais recomendam cuidados com a alimentação adquirida, principalmente as rações do tipo bolinha que não possuem nenhum rotulo, pois elas podem não ser uma ração apropriada para o peixe beta e acabar fazendo algum mal ao peixe que você cria.

A manutenção das beteiras

O peixe beta exige poucos cuidados da parte de quem o cria, no entanto um dos principais cuidados a serem tomados é com a água da beteira.

A água precisa ser sempre limpa e é ideal que seja trocada a cada 10 (dez) dias. Para manter as condições de temperatura e ph da água, deve ser evitada a troca completa da água. Essa atitude aumenta a resistência do peixe beta contra doenças e outros problemas.

Procure se certificar se a água nova que será colocada na beteira está em condições parecidas de temperatura e de ph.

 

 

Fonte: CuturaMix