sexta,
“Democracia direta”
Podemos faz enquete online para decidir como votar a Previdência e o fim do foro
'Teste' do modelo foi adotado pela deputada federal Renata Abreu (SP), quando seguiu o placar e votou a favor do prosseguimento da denúncia contra Temer
Podemos/Imprensa
Plenário do Supremo Tribunal Federal

O Podemos vai fazer uma enquete online para decidir como seus deputados vão votar a reforma da Previdência e o fim do foro privilegiado. O partido começa a pôr em prática o que chama de “democracia direta”, uma das principais propostas da reformulação do antigo PTN.

“É muita coisa que a gente vota o tempo todo, então vamos colocar só os projetos de maior relevância”, disse a deputada Renata Abreu (SP), presidente da sigla. “Se a gente colocar tudo, se você entupir a população de projeto, não tem uma participação efetiva. Mudar uma cultura de participação é um negócio complexo, então você tem que ir aos poucos, a população precisa criar o hábito”, completou.

Ainda não tem dada marcada para o plenário da Câmara analisar as propostas, mas a votação digital do Podemos já está disponível. Além do site do partido, quem quiser pode baixar o aplicativo no smartphone e, depois de fazer login, entrar na sessão decidir, onde pode conferir as propostas na íntegra, além de argumentos pró e contra. Para votar, o internauta deve deixar o seu CPF e email.

Renata já tinha adotado a enquete para decidir sobre a primeira denúncia contra o presidente da República Michel Temer por corrupção passiva, e votou pelo prosseguimento, após o placar online. Na segunda votação, também seguiu a primeira enquete.