Tragédia
Naufrágio de balsa na Tanzânia deixa 136 mortos e 40 pessoas em estado crítico
Operações de resgate foram suspensas durante a noite de quinta-feira e retomadas nesta sexta, a balsa tinha partido da ilha de Bugorora naufragou perto do cais da ilha de Ukara
Reuters TV/via Reuters
Quarenta pessoas sobreviveram, segundo o governador da região de Mwanza, John Mongella, citado pela Rádio França Internacional

Mais de 100 corpos foram encontrados até a manhã desta sexta-feira,21, após o naufrágio de uma balsa no Lago Vitória, na Tanzânia, de acordo com a rádio estatal TBC Taifa. As buscas por sobreviventes continuam.

Depois do acidente, que ocorreu na quinta-feira,20, o operador público da embarcação, a Agência tanzaniana de Serviços Elétricos e Mecânicos, não soube informar quantos passageiros estavam na balsa MV Nyerere.

Porém, a TV estatal do país afirma que a embarcação transportava cerca de 200 passageiros, o que representa o dobro da sua capacidade.

Quarenta pessoas sobreviveram, segundo o governador da região de Mwanza, John Mongella, citado pela Rádio França Internacional (RFI).

As operações de resgate foram suspensas durante a noite de quinta-feira e retomadas nesta sexta. A balsa tinha partido da ilha de Bugorora, onde os passageiros tinham feito compras, e naufragou perto do cais da ilha de Ukara.

As autoridades da Tanzânia ainda investigam as causas do acidente, mas tragédias similares ocorridas no passado foram provocadas pelo excesso de peso.

O número de vítimas costuma ser alto devido à falta de coletes salva-vidas nas embarcações.