Luto
Morre John Gavin, ator de ‘Psicose’ e ex-embaixador dos EUA
Gavin foi conhecido pelo seu trabalho como embaixador dos Estados Unidos no México entre 1981 e 1986, durante o governo de Ronald Reagan
John Springer Collection/Corbis/Getty Images
Ator interpretou o namorado de Marion Crane (Janet Leigh) no filme de Alfred Hitchcock

O ator americano John Gavin, que deixou sua marca em filmes como Psicose e Spartacus (ambos de 1960), morreu na sexta-feira, aos 86 anos, em Los Angeles. O ator interpretou o namorado de Marion Crane (Janet Leigh) no filme de Alfred Hitchcock, enquanto no filme de Stanley Kubrick deu vida a Julio Cesar.

Além da carreira em Hollywood, Gavin foi conhecido pelo seu trabalho como embaixador dos Estados Unidos no México entre 1981 e 1986, durante o governo de Ronald Reagan. Desde jovem, John Gavin mostrou interesse pelas duas paixões: o cinema e a carreira diplomática.

“Um triste dia. O meu grande amigo John Gavin morreu nesta manhã. Um dos melhores homens que conheci e como um irmão para mim. Descanse em paz”, disse no Twitter o cineasta William Friedkin.

Sua filmografia inclui outros longas-metragens como Imitação da Vida (1959), A Teia de Renda Negra (1960) e Positivamente Millie (1967).

Gavin esteve muito perto de encarnar o agente 007 em Os Diamantes São Eternos (1971), mas finalmente Sean Connery, após se ausentar no filme A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969), voltou a interpretar o personagem de James Bond.

Além disso, Gavin foi o presidente do Sindicato de Atores de Hollywood (SAG, sigla em inglês) de 1971 a 1973.

 

 

Fonte: Veja