quinta,
Publicidade
x fechar anúncio
Medidas
Forças de segurança reduzem exigências para contratações na Venezuela
Alguns policiais estão descontentes com más condições de trabalho e salários baixos
Manaure Quintero / Agência EFE
Venezuelanos fotografam mancha de sangue no local em que o jovem de 17 anos foi baleado e morto durante protestos contra Nicolás Maduro

Os responsáveis pelas forças de segurança da Venezuela estão percebendo que os baixos salários, o temor de choques violentos e a forte oposição ao presidente Nicolás Maduro vêm dificultando a contratação e mesmo a retenção de novos soldados e policiais, afirmam fontes próximas das Forças Armadas e da polícia.

Para fazer frente às necessidades, a Guarda Nacional Bolivariana, braço das Forças Armadas e o principal grupo encarregado de manter a ordem pública durante as manifestações contra o governo, reduziu o tempo de treinamento, aumentou o de serviço ativo e dispensou alguns requisitos para contratação.