sábado,
Publicidade
x fechar anúncio
Suicídio?
Ex-jogador encontrado morto escreveu verso da Bíblia na testa
O ex-jogador de futebol americano Aaron Hernandez, foi encontrado morto na quarta-feira (19) na cela em que cumpria pena por homicídio
Divulgação
O ex-jogador da NFL cumpria pena de prisão perpétua por ter assassinado o jogador de futebol, Odin Lloyd

Aaron Hernandez, ex-jogador da NFL foi encontrado morto na cela onde estava preso, acusado de homicídio, na manhã da última quarta-feira (19). O que chamou atenção das autoridades do Departamento de Correção de Massachusetts, foi um versículo da Bíblia escrito na testa do ex-astro dos gramados, referindo-se ao livro de João 3:15. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”, deixando uma suspeita que pode ter cometido suicídio, muito embora não tenha sido encontrada nenhuma carta de despedida.

O ex-astro do New Egland Patriots, estava cumprindo pena por assassinato desde 2013 e segundo informações da WBZ-TV, afiliada da “CBS” em Boston, o ex-craque, além do escrito na testa também tinha outras marcas pelo corpo. Foram encontradas marcas nos pés e mãos de Aaron, o que foi apurado mais tarde é que os tais sinais no corpo dele foram feitas com um marcador “vermelho sangue”.

As conclusões são de que o jovem, supostamente, tenha tentado estigmatizar o mesmo sofrimento passado por Cristo na cruz, para depois por fim à própria vida. O advogado do morto não engoliu a história e reclamou que a cena foi armada, pois seu cliente não tinha tendências suicidas, por esse motivo vai exigir uma autópsia. A polícia acredita que o ex-craque tenha fumado maconha sintética, na véspera de cometer o ato tresloucado.

O americano de 27 anos estava preso no Centro Correcional Souza-Baranowski, no estado de Massashusets nos EUA. De acordo com declarações da polícia, o corpo do prisioneiro foi encontrado às 3h da manhã na cela do presídio de segurança máxima. O ex-light end foi levado ao hospital da cidade de Leominster, porém sua morte foi declarada uma hora após a chegada.

A morte

De acordo com o porta-voz do Departamento de Polícia, Hernandez, aparentemente, planejou tudo com antecedência, pois colocou vários objetos contra a porta, para evitar que fosse aberta facilmente, em seguida teria enrolado um lençol em volta do pescoço e amarrado na grade da janela. A polícia continua investigando, mas até o momento não encontrou nada que possa dar pistas do motivo. Segundo relatórios, o ex-craque tinha um histórico de muitas brigas com outros detentos, mas nunca chegou a tentar se matar.

O ex-jogador da NFL cumpria pena de prisão perpétua por ter assassinado o jogador de futebol, Odin Lloyd, em 2013.

 

 

Fonte: BlastingNews