sexta,
home / Joaquim Pinheiro

Joaquim Pinheiro

Côncavo e Convexo
  • Foto: José Aldenir / Agora Imagens

A internet e as redes sociais deram outra dinâmica à vida e ao dia a dia das pessoas com os mais positivos avanços e facilidades. Hoje, resolve-se quase tudo com apenas um toque numa tela de celular, a exemplo de uma operação financeira, uma compra ou venda de produtos ou uma simples troca de ideias. A internet aproxima os que estão distantes, mas também afasta os que estão próximos. Um verdadeiro paradoxo. Mas o Brasil é o País dos paradoxos. É um meio de comunicação fantástico – eficiente, ágil, mas também vulnerável demais. Tem ajudado as pessoas nas diversas formas do relacionamento humano. Nos negócios, no lazer, no entretenimento, constituindo-se num instrumento indispensável à vida das pessoas nos mais diversos segmentos da sociedade.

Entretanto, a internet tem o lado da negatividade, e são muitos, a começar pela invasão de privacidade e uso pela bandidagem. Como a internet facilita a ação de bandidos marginais, inclusive detentos que agem de dentro dos presídios disseminando o terror. Criou também um contingente de imbecis divulgando futilidades e agredindo os outros. Enquanto isso, não existem regras eficazes e efetivas para coibir os abusos praticados a todo instante. Verifica-se ataques, agressões, difamações, calúnias e injúrias de toda ordem, sem que sejam penalizados por isso. É como se existisse uma perda de controle total por parte das autoridades. Crime de pedofilia, assaltos a bancos e residências ficaram mais fáceis a partir da invenção da internet e redes sociais. O celular, entretanto, tornou-se um instrumento indispensável à prática do bem, mas infelizmente, também para o mal. Em determinados momentos são incitados o ódio, a violência, a divisão, a intolerância. A liberdade de expressão é garantida a todos pela Constituição Brasileira, desde que não atinjam a privacidade e a honra alheias. É o côncavo e o convexo.

Leitura rápida

Cooperação Técnica
+ O diretor da Escola da Magistratura, desembargador Cláudio Santos, reuniu-se com o reitor da UERN – Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Pedro Fernandes. Na pauta, a formação de convênios para instalação de curso de mestrado em direito público e governança. O termo de cooperação técnica, científica e educacional visa o desenvolvimento e execução conjunta de programas e projetos voltados para capacitação de magistrados e servidores do Poder Judiciário do Estado.

Decisões Moralizadoras
+ Cláudio Santos deverá pedir aposentadoria no início do próximo ano quando ficará apto para se filiar a um partido político visando disputar o Governo do Estado. O nome do desembargador começou surgir nos meios políticos a partir do momento em que adotou decisões moralizadoras durante o seu período como presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Expectativa e Ansiedade
+ Nos meios políticos comenta-se que em breve, possivelmente ainda esta semana, acontecerão novidades na política do Rio Grande do Norte com novas decisões da justiça envolvendo “figurões” da política local. É grande a expectativa e ansiedade, também.
Furacões e Gasolina

+ Só era o que faltava: os furacões no exterior estão provocando aumentos de combustíveis no Brasil. Outra: depois que o governo petista depredou a Petrobras a gasolina está aumentando toda semana.

Fúlvio Vereador
+ Fúlvio Souto é o mais novo vereador de Natal. Ele assumiu o mandato em substituição ao titular Klaus Araújo, do Solidariedade, que pediu licença para assuntos de interesses pessoal. Fúlvio foi assessor parlamentar da Câmara Municipal, chefe de Gabinete do Instituto de Previdência de Natal, entre outros cargos que exerceu recentemente.

+ Frase do cientista Pablo Capistrano: “a gente está num momento em que o novo não está presente e o velho ainda não morreu”.

Caravana de Dória tem por objetivo nacionalização de seu nome

A presença do prefeito João Dória em Natal no meio desta semana foi considerada exitosa por organizadores da visita e lideranças do PSDB, partido do presidenciável paulistano. Dória recebeu o título de Cidadão Natalense por proposição do vereador Raniere Barbosa numa solenidade presidida pelo vereador Ney Lopes Júnior. Mas o propósito na verdade é nacionalizar o nome do prefeito de São Paulo, candidatíssimo a presidente da República em 2018. Evento aconteceu no Teatro Riachuelo que ficou literalmente lotado por admiradores e apoiadores de Dória. Presença do empresário Flávio Rocha, que atualmente é um nome em evidência no cenário nacional, e que poderá ser companheiro de Dória na condição de candidato a vice-presidente ou senador por São Paulo. Flávio pode ser hoje o Zé Alencar de Lula em 2012, como vice de Dória e mobilizador do empresariado brasileiro para votar em Dória. O bom relacionamento entre o prefeito de São Paulo e o empresário norte-rio-grandense evidencia que realmente Flávio Rocha voltará à vida pública.

No oposto está o ex-presidente Lula da Silva, também cumprindo agenda de pré-candidato. Os dois – Dória e Lula – poderão rivalizar na disputa presidencial, caso o prefeito tenha seu nome indicado pelo partido e Lula consiga superar os problemas que enfrenta, principalmente de prestação de contas com a justiça em razão das acusações e ações contra ele. Será uma tarefa difícil para o petista, até porque sua suposta suicida candidatura não é consenso dentro do seu próprio partido. Dória é um nome novo na política que entra na disputa com a vantagem de não ter acusações contra ele, caracterizando-se como um ficha limpa, empresário moderno e vitorioso que entra na vida pública no momento certo. E com um bom slogan de campanha: “Doria trabalhador – acelera”.
Leitura rápida

Aposentadoria em janeiro

+ O desembargador Cláudio Santos vai se aposentar em janeiro, e a partir daí estará apto a assinar ficha de filiação a um partido político, possivelmente para disputar o Governo do Estado nas eleições do próximo ano. Cláudio está examinando a qual legenda se filiará, inclusive já recebeu alguns convites de importantes lideranças do Estado.

Novo projeto

+ Um segmento do governo está defendendo a candidatura do governador Robinson Faria a deputado federal. Caso ele decida por esse projeto político alternativo, terá que deixar o cargo até abril do próximo ano. Nos meios políticos fala-se também, numa possível candidatura da esposa do governador, Juliane Faria, a deputada estadual.

Natal/São Paulo

+ O vereador Ney Lopes Júnior aproveitou a vinda do prefeito João Dória a capital do Estado e sugeriu um pacto entre Natal e São Paulo, particularmente no setor turístico. A sugestão será protocolada e encaminhada para análise do prefeito paulistano.

+ Frases

Do prefeito João Dória durante evento em Natal: “Gratidão não tem prazo de validade”; “Natal é a cidade do amor”; “O povo deste Estado é um orgulho para o Brasil”; “O populismo promoveu a desesperança”; “No Brasil existe uma minoria que grita, agride e não sabe conviver com quem pensa diferente”; “É possível mudar o Brasil com uma gestão decente”; Rogério Marinho é um nome nacional que está mudando a história do Brasil”.

+ Frases

Do empresário Flávio Rocha: “Vamos mudar o Brasil em 2018. Acelera com João trabalhador”; “A era do empresário moita ficou pra traz”; “O Rio Grande do Norte poderá ser a Galícia potiguar”; “Não vamos nos intimidar pelos que desservem ao País”; “Existe hoje o eleitor cidadão”; “João Dória, fenômeno da vida pública”; “A iniciativa privada é agente de transformação”, “Estamos diante de uma mudança”.
Mediação e arbitragem.

+ A nova sede da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem será inaugurada hoje, segunda-feira, às 18 horas no bairro Candelária. Luiz Inaldo Cavalcanti preside a instituição.

Sucessão em aberto

Ciro Gomes, o intempestivo e eterno candidato à presidência da República, tem razão quando afirma que o processo sucessório está em aberto. Tudo é indefinição quando se trata de nomes para o pleito presidencial que se aproxima. Mesmo assim, algumas presenças no noticiário estão sendo vistas na condição de postulantes. João Dória (PSDB – prefeito de São Paulo), Geraldo Alckmin (PSDB – governador do São Paulo), Lula da Silva (PT – ex-presidente), Marina Silva (Rede – ex-senadora), Álvaro Dias (Podemos – senador). Se não bastassem os problemas externos inerentes à disputa, os pré-candidatos João Dória e Geraldo Alckmin, ambos do PSDB, digladiam-se dentro do próprio partido buscando a indicação. Não se sabe qual será o resultado, mas deve ser Dória o candidato.

Lula da Silva, do PT, enfrenta impopularidade em decorrência do desgaste do seu partido e as múltiplas denúncias de corrupção contra ele. Portanto, não será tarefa fácil viabilizar seu projeto político de voltar à presidência. Marina Silva, mesmo com perfil de política honesta, não consegue empolgar o eleitorado, a exemplo do também ético e competente senador Álvaro Dias, do Paraná. Jair Bolsanaro, expressão da direita radical e conservadora, poderá ser um candidato barulhento, mas de pouca expressão eleitoral para uma disputa presidencial. Falta-lhe capital eleitoral e um partido expressivo. O também barulhento Ciro Gomes, do PDT, apresenta-se como uma alternativa de centro-esquerda, mas seu comportamento instável e grosseiro depõe contra sua própria candidatura. Já tentou em outras oportunidades, sem sucesso. O que deve se repetir em 2018. Portanto, é como o próprio Ciro diz: “a sucessão está em aberto”.

Leitura rápida

Falta prestígio

+ O petista Luiz Inácio Lula da Silva, não é mais o mesmo dos tempos áureos quando se elegia e ajudou na eleição de muita gente. Lula vem tendo derrotas e decepções seguidas. Num passado próximo não conseguiu eleger um filho prefeito de São Bernardo e recentemente o candidato do PT Jailson de Souza perdeu a eleição no município de Miguel Leão no Piauí, mesmo tendo recebido o apoio ostensivo de Lula. As sucessivas derrotas e o envolvimento com denúncias do Ministério Público não é um bom prenúncio para quem quer ser candidato a presidente da República.

Plano Diretor

+ Vereador Ney Lopes Júnior, prioriza a revisão do Plano Diretor de Natal. Diz que a aprovação da matéria será precedida de uma ampla discussão, que considera da maior importância para a capital. Ney Júnior prevê que o projeto será enviado à Câmara Municipal até novembro deste ano quando serão iniciados os debates sobre o assunto.

Tesoureiro-adjunto

+ O norte-rio-grandense Leandro Prudência foi eleito tesoureiro-adjunto do PHS nacional. O Diretório Nacional do partido elegeu presidente o paulista Laercio Benko, tendo Marcelo Batista como tesoureiro.
Índices de aprovação

+ “Brasil Mostra Brasil, multifeira”, será apresentado em almoço a jornalistas nesta quinta-feira na churrascaria Fogo e Chama em Ponta Negra. Evento acontecerá no Arena das Dunas. A “Brasil Mostra Brasil chega a sua 23ª edição, com índices de aprovação pelo público que comparece à feira.

Cantadores repentistas

+ “Encontro de Gerações” com os cantadores repentistas Pedro Bandeira, Felipe Pereira e Helânio Moreira acontecerá amanhã, sexta-feira, dia 18 a partir das 20 horas na Capitania das Artes. Pedro Bandeira é um ícone da poesia e da viola com vários livros e cordéis escritos.

+ Frase do articulista Mailson da Nóbrega, de Veja: “a Reforma Trabalhista beneficiará os trabalhadores”.
Para pensar: “Quem vende o voto não tem autoridade para reclamar dos políticos”. (Jaques Pinny, jornalista).

Estado de guerra

Não existem dúvidas que o aumento da violência em todo o País justifica a presença das Forças Armadas nas ruas das capitais brasileiras. Esse é o sentimento e desejo de muita gente que paga impostos, mas não está tendo a segurança que o Estado tem o dever constitucional de proporcionar a todos os cidadãos. O Brasil vive uma guerra civil que os governos precisam coibir antes que seja tarde, entretanto, não se observa nenhuma movimentação nesse sentido. Os governantes já pensam nas próximas eleições deixando as questões nacionais prioritárias nesse momento em segundo plano. No Rio Grande do Norte, particularmente em Natal, o aumento da violência assume proporções inimagináveis com registros do número de crimes e assassinatos aumentando em escala geométrica. Não é possível que essa situação permaneça sem que nada seja feito.

Está comprovado que o aparato policial é aquém das necessidades, portanto, perdendo feio para a bandidagem. Em decorrência dessa verdadeira inversão de valores alguma coisa tem que ser feita, e a providência passa pelo pedido de convocação das Forças Armadas para ajudar na segurança das pessoas. O Brasil está assustado e o Rio Grande do Norte, em particular a capital, vivem o pior momento da sua história, resultado da violência insana verificada em todo o País. Sabe-se que a segurança pública não é prerrogativa constitucional de Exército, Marinha e Aeronáutica em situação de paz, mas o Brasil está em estado de guerra civil, daí a justificativa para que seja solicitada a presença das armas federais. A presença do Exército nas ruas provoca no mínimo sensação de segurança, e inibe de certa forma a prática delituosa. Disso não se tem dúvidas.

Leitura rápida

Potencial candidato

+ Pré-candidato ao governo do Rio Grande do Norte, o desembargador Cláudio Santos ainda não tem partido definido para se filiar. Tem mantido conversações com representantes de algumas legendas, mas ainda não conseguiu uma legenda que se adeque ao seu perfil e a nova realidade da política brasileira. O nome de Claúdio começou aparecer no cenário político do Estado a partir de ações moralizadoras e economia de gastos públicos que implementou quando foi presidente do Tribunal de Justiça.
Pretende a reeleição

+ Questionado sobre o projeto político de Garibaldi Filho nas eleições do próximo ano o vereador Felipe Alves, afirmou que o senador do PMDB será candidato à reeleição e que não procede a especulação de que Garibaldi disputará uma vaga na Assembleia Legislativa. Esqueceu de dizer que a política é dinâmica.
Formação de chapas

+ Continuam especulações nos meios políticos sobre formação de chapas para as eleições do próximo ano: Cláudio Santos, governador, Walter Alves e Rogério Marinho para senadores. Consta que articulações nesse sentido estão em curso.

Insatisfeitos com o prefeito

+ Correligionários que ajudaram na eleição do prefeito Rosano Taveira, de Parnamirim, não estão satisfeitos com suas posições políticas. Diz-se que o prefeito está prestigiando adversários em detrimento aos que lhes ajudaram a conquistar o Poder. Lembram que Geovani Rodrigues, por exemplo, apoiou o deputado Carlos Augusto, adversário de Taveira, mas foi convidado e aceitou ser secretário de Planejamento e Finanças.
Autógrafo hoje à noite

+ “Frutos do Ócio”, livro de autoria do escritor Nivaldo Ferreira, pai do ex-vereador Júlio Protásio, será autografado logo mais às 19 horas na sede da Câmara Municipal de Natal. Convite formulado pela vereadora Ana Paula, nora do escritor.

+ Coronel Zacarias Mendonça, um dos competentes oficiais da Polícia Militar, realiza um bom trabalho no comando do Policiamento Metropolitano. Pretende incrementar o Ronda Cidadão para melhor servir à população.

+ Apesar da crise, alguns prefeitos estão bem avaliados nos seus municípios, segundo o observador político Leão João. São eles: Iraneide Rebouças (Areia Branca), Jeane Ferreira (Alexandria), Jorginho Bezerra (Tangará), Rosalba Ciarlini (Mossoró), Severino Rodrigues (Monte Alegre), Bastinho (Taipu), Paulinho da Habitação (São Gonçalo do Amarante), Neide Sueli (Pedro Avelino), Leonardo Rêgo (Pau dos Ferros) e Mauricinho (Grossos).

Vilas Boas é sabatinado por Comissão de Relações Exteriores

O comandante do Exército Brasileiro, general Vilas Boas foi sabatinado por senadores integrantes da Comissão de Relações Exteriores presidida pelo alagoano Fernando Collor de Melo. Durante mais de 2 horas o graduado militar respondeu a todas as perguntas de senadores e internautas, também. O general demonstrou desenvoltura e conhecimento dos problemas nacionais. Na oportunidade o comandante do Exército descartou totalmente a possibilidade dos militares assumir o Poder em razão da crise que se instalou no País.

Em resposta a questionamentos sobre a fiscalização nas fronteiras, Vilas Boas disse que “o dispositivo é aquém das necessidades para atual no local”, considerando o problema das drogas “complexo”. De acordo com o general, as fronteiras brasileiras estão desguarnecidas e o crime organizado avançando. A preservação da democracia, das instituições e o compromisso com a estabilidade foram enaltecidos pelo comandante do Exército no encontro com os senadores. A maneira simples, didática e objetiva do general Vilas Boas foi reconhecida por todos os presentes na reunião da Comissão de Relações Exteriores do Senado.

O senador Jorge Viana, do PT do Acre disse que o general Vilas Boas consegue humanizar os temas que discute. Outros senadores elogiaram a forma pedagógica como o comandante do Exército aborda os assuntos nacionais. Realmente é um militar diferenciado.

Leitura rápida

Vaga na Assembleia

+ Está sendo formado um grupo de esquerda, através de partidos como PT, PSTU e Psol, para conquistar uma vaga de deputado estadual nas próximas eleições. A ex-vereadora Amanda Gurgel aparece como a de maior capital eleitoral com chances reais de se eleger para a Assembleia Legislativa. Fazem parte do projeto a vereadora do PT, Natália Bonavides e Sandro Pimentel, do Psol, além de Dário Barbosa, do PSTU. Natália está sendo apoiada pela senadora petista Fátima Bezerra.

Haja multa

+ A indústria da multa de trânsito será implementada a partir de setembro quando a STTU colocará em funcionamento 40 câmeras em 26 pontos da capital para flagrar infratores. Antes, haverá uma campanha educativa e colocação de placas indicativas para os desavisados. Cada câmara terá alcance de 500 metros do ponto onde estão instaladas.

Santo Daime

+ O vereador caicoense Leleu Fontes aderiu à Congregação Espiritual do Santo Daime que foi culturalmente trabalhada no Estado do Acre onde existe um número significativo de praticantes dessa doutrina religiosa. Tem como lema a veneração a Deus através do mestre Irineu. Leleu está organizando o Primeiro Congresso Daimista que acontecerá brevemente no Rio Grande do Norte.

Desafio federal

+ Os vereadores Kleber Fernandes, do PDT e Robson Carvalho, do PMB, são nomes que constarão da lista dos candidatos a deputado federal nas eleições de 2018. Kléber, que foi auxiliar de Carlos Eduardo terá o apoio incondicional do prefeito de Natal, que tentará também eleger a esposa para a Assembleia Legislativa.

Espera abusiva

+ A Caixa Econômica Federal precisa facilitar a tramitação de processos para financiamento de imóveis. Um cliente está há quase um ano tentando concluir uma operação financeira.

Coluna errada

+ Inadvertidamente esta coluna saiu errada na última quinta-feira. Foi usado um texto divulgado anteriormente. Coisa de redação de jornal.

Situações semelhantes

A sucessão estadual, a exemplo da federal está em aberto e tudo pode acontecer, inclusive o imponderável. Os dois governantes – Michel Temer e Robinson Faria – vivem situações quase semelhantes no âmbito das suas administrações, guardando as devidas proporções, evidentemente. Fora o quesito ético onde o presidente enfrenta denúncias por supostos atos de improbidade. Na gestão pública, o peemedebista presidente da República sofre com a falta de recursos para atender setores como saúde e segurança pública, considerados os mais vulneráveis na atual conjuntura da vida nacional.

O governador do PSD também enfrenta escassez de dinheiro até mesmo para pagar o funcionalismo estadual em dia, o que está provocando desgaste político-eleitoral ao governante do Rio Grande do Norte. Ambos – presidente e governador – seguem vivenciando uma indefinição sobre seus futuros políticos. Uma interrogação paira sobre eles. Serão ou não candidatos à reeleição? Michel Temer disse que não mais disputará o cargo, preferindo fazer as reformas que o País precisa, mesmo que isso resulte numa baixa popularidade. Robinson não se pronunciou sobre o assunto. No momento tenta resolver o problema das finanças do Estado, colocar o pagamento em dia e realizar algumas obras importantes como construção de adutoras por exemplo.

Além da regularização salarial, o governador tem outro desafio: melhorar o atendimento na saúde e diminuir os índices de violência. Só fazendo essas ações com sucesso Robinson Faria poderá pensar em disputar a reeleição. Do contrário, o governador, que é um político hábil e experiente, deve viabilizar outra alternativa como projeto político para 2018. Uma possível candidatura a senador ou deputado Federal, segundo interlocutores, estaria nos seus planos para permanecer na vida pública por mais alguns anos.

Leitura rápida

Procurador-geral
+ O novo procurador-geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite será empossado logo mais à noite na Escola de Governo no Centro Administrativo em substituição a Rinaldo Reis que deixa o cargo após 2 anos à frente da instituição. Eudo Leite promete fazer uma gestão participativa e valorizando o funcionalismo do Ministério Público Estadual.

Possível candidato
+ O nome do ex-procurador-geral Rinaldo Reis está sendo citado nos meios políticos como possível candidato a deputado federal nas eleições do próximo ano. Quem também examina a possibilidade de entrar na vida pública é o desembargador Claúdio Santos, ex-presidente do Tribunal de Justiça.

Ficha limpa
+ Segundo especialistas, na eleição do próximo ano vai prevalecer o candidato ficha limpa em razão de problemas com a classe política que continua desacreditada. A próxima eleição deverá ser atípica e poderão surgir nomes de outros segmentos da sociedade.

Suplente efetivado
+ O suplente de vereador Dickson Júnior, do PSDB, será efetivado no mandato essa semana em substituição a titular Wilma de Faria que faleceu na madrugada da última quinta-feira no Hospital do Coração. Dickson Júnior já havia assumido interinamente em razão de um pedido de licença da ex-governadora que se submetia a tratamento de saúde.

Candidatura majoritária
+ José Adécio, deputado do DEM, articula uma possível candidatura majoritária em 2018. Adécio regressou de Brasília onde se encontrou com os senadores José Agripino e Garibaldi Filho para conversar sobre política e viabilização de recursos para municípios onde tem base eleitoral. O parlamentar Pedro-avelinense pretende apresentar o filho, Gustavo Costa para substituí-lo no legislativo estadual.

Zé bonitinho
+ Mais um tradicional “Arraiá do Zé Bonitinho” acontecerá no próximo dia 01 de julho na Reta Tabajara em Macaíba. Haverá apresentação de um trio de sanfoneiros e comidas típicas a partir das 21 horas. A entrada são 2 latas de leite em pó para doação a AMICO.

Respostas rápidas
+ Lei de autoria do deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa e do PSDB, obriga os planos de saúde a dar respostas rápidas aos usuários desse serviço. Respostas em 48 horas para exames seletivos e 6 horas para internações.

Equívocos e contradições

A internet é considerada uma grande avanço tecnológico com resultados surpreendentes e positivos para a sociedade, mas ao mesmo tempo é responsável por uma série de equívocos, erros e contradições. Criou um contingente enorme de imbecis que atacam a honra alheia irresponsavelmente e sem um controle eficaz por parte das autoridades. As redes sociais estão servindo de instrumento para proliferação de ideias absurdas e opiniões as mais contraditórias. Mentiras, difamações e ataques pessoais tornaram-se comuns no dia a dia dos usuários da internet. A imprensa, antes respeitada e protagonista do noticiário escrito e televisivo foi relegada a segundo plano. Acabou. A missão de jornalistas credenciados está sendo exercida por gente inabilitada, despreparada e na maioria das vezes irresponsáveis. É deprimente o que estamos vivenciando.

O idioma português é outra vítima em potencial dos novos “jornalistas”. O que estão escrevendo errado é vergonhoso. Sem se falar no conteúdo (se é que tem conteúdo) das inúmeras mensagens que chegam a toda hora. Insuportável também são os chamados “grupos de amigos” do WhatsApp. É um verdadeiro festival de besteiras corroendo a paciência alheia. O excessivo número de mensagens que chega é interminável e insuportável. Mensagens fúteis e desprovidas de qualquer conteúdo construtivo. Pior: não se vislumbra qualquer perspectiva de mudança nesse cenário de mediocridade.

Leitura rápida

Insatisfação do governador

+ O governador Robinson Faria não está satisfeito com o secretário de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira, e em razão disso poderá substituí-lo a qualquer momento. Motivo: o secretário não consegue colocar o pagamento do funcionalismo em dia e nem apresenta alternativas para que isso aconteça, pelo menos a médio prazo. Está deixando o governador irritado.

Estatuto do cinéfilo

+ Projeto de Lei do vereador Aldo Clemente, do PMB, cria o Estatuto do Cinéfilo. O objetivo é assegurar direitos aos frequentadores de salas de cinema previstos no Código do Consumidor. Direito a meia entrada, acessibilidade para pessoas com deficiência e disponibilidade antecipada de ingresso, entre outros. Projeto também aprovado pelo vereador Aldo, foi a criação do Cadastro Único para Pessoas Portadoras de Fissuras Lábiopalatina. O objetivo é auxiliar órgão públicos no atendimento a essas pessoas, que não dispõem de nenhuma assistência por parte do Poder Público.

Desafio federal

+ O vereador Robson Carvalho, do PMB, está sendo incentivado a disputar uma vaga de deputado federal nas eleições do próximo ano. A expectativa de especialistas da política é de que haverá uma significativa renovação no Congresso Nacional abrindo espaço para o surgimento de novas lideranças políticas. Afirmam que Robson integra a nova geração de políticos do Rio Grande do Norte e poderá representar o Estado na Câmara Federal a partir do próximo ano.

Felipe senador

+ O sistema político liderado pelo senador José Agripino, presidente nacional do DEM, examina a possibilidade de apresentar o deputado Felipe Maia como candidato a senador nas eleições de 2018. Confirmada a candidatura de Felipe ao Senado, o pai não disputará mandato eletivo no próximo ano, encerrando assim a sua vida pública.

Novo Eneas

+ O economista Tadeu Arruda poderá ser candidato a governador em 2018. Ele está se filiando ao PRONA (partido do então deputado Eneas), que ficou famoso com o slogan “Eu sou Eneas”. Tadeu acredita que diante da derrocada da classe política tradicional, a próxima eleição será atípica e candidatos ficha-limpa terão mais chances de vitória, principalmente na disputa majoritária. Tadeu Arruda poderá ser o novo Eneas.

Adauto autografa

+ “Frases e Fatos” é título do livro que será autografado pelo empresário Adauto Medeiros. Evento acontece amanhã, terça-feira a partir das 10 horas no Iate Clube de Natal.

Hilária e risível

É a afirmação da senadora Fátima Bezerra de que o PT saiu fortalecido após o Congresso Nacional da legenda realizado recentemente quando elegeu para presidente do partido uma política – Gleisi Hoffman – flagrada fazendo traquinagem e o marido, ex-ministro petista, Paulo Bernardo, denunciado usando dinheiro de aposentados em proveito próprio. Inclusive, preso na oportunidade pela Polícia Federal. Onde chegamos com tanta desfaçatez?

A petista paraibana que veio escapar no movimento sindical do Rio Grande do Norte entende ter chegado a hora de dar um novo rumo ao partido desmoralizado pelos mal feitos praticados quando assumiu o governo. Que tristeza senadora, Vossa Excelência ter atentado pra isso agora, quando deveria ter alertado antes do “mensalão” e do “petrolão ” quando o PT ainda era “virgem”. Agora é tarde, senadora. Vossa Excelência disse que o PT tem que ser mais conectado com a juventude. Que exemplo o seu partido deu a essa juventude, que está vendo os principais líderes petistas presos por práticas não republicanas? Triste exemplo, senadora.

Disse ainda a petista, fiel escudeira do lulismo, que o PT tem que “barrar os retrocessos”. Retrocesso, “excelência”, foi o que os governos do seu partido dirigidos por um “messias populista” e por uma “rainha da embromação” fizeram com o Brasil, colocando-o na maior recessão de sua história e os brasileiros no desemprego. Retrocesso, senadora, são as portas do comércio e da indústria fechando e os trabalhadores demitidos. Retrocesso, “excelência”, é um presidente nordestino mandar dinheiro para outros Países e nada para sua terra sofrida e abandonada com seus filhos vivendo na pobreza extrema e na miséria absoluta. Sem comida, sem moradia e sem perspectiva de vida.

Por essas e tantas outras, o PT recebeu um duro aviso na última eleição que deve se repetir no próximo ano. O Brasil vive um momento de transição e está sendo passado a limpo. Espera-se que após os episódios de desmandos, falcatruas e roubalheiras o País saia fortalecido e retome o caminho do desenvolvimento, da ética e da moralidade.
Rápidas

Novo projeto

+ O senador Garibaldi Filho pode repensar seu projeto político para as eleições do próximo ano e ser candidato a deputado estadual, segundo afirma um interlocutor. Depende, entretanto, do cenário político que estiver em evidência perto da eleição. Assessores próximos ao peemedebista asseguram que ele será candidato à reeleição.
Vice-governador

+ José Adécio, deputado estadual do DEM, pode ceder lugar na Assembleia Legislativa para o filho Gustavo Costa. Adécio, considerado um deputado municipalista, continua visitando suas bases políticas no interior do Estado, pensando disputar mandato na chapa majoritária, possivelmente vice-governador.
Alta multa

+ Projeto de Lei da maior importância foi aprovado recentemente na Câmara Municipal de Natal. Pune com multa alta quem jogar lixo na rua. Autoria do vereador, Raniere Barbosa, presidente da Casa Legislativa. Raniere é um dos postulantes a uma vaga na Assembleia Legislativa nas eleições do próximo ano.

Presidência do América

+ O empresário Pepeu Lisboa, ex-prefeito de Passa e Fica, está sendo incentivado por amigos a assumir a presidência do América Futebol Clube em substituição ao atual interino, José Rocha. Pepeu examina a possibilidade a partir da sua aposentadoria na Universidade Federal do Rio Grande do Norte que deve acontecer nos próximos dias.
Pratica legal

+ A Associação Brasileira de Vaquejadas comemora a decisão do Congresso Nacional que considerou a prática legal, e que não provoca maus tratos aos animais. O Ministério Público do Rio Grande do Norte contesta a decisão. A vaquejada é uma atividade cultural do Nordeste que gera milhares de emprego e renda para a população.
Sucessão em Macaíba

+ O vereador Netinho França, filho do ex-prefeito Luizinho Gonzaga e o também vereador Gelson de Lima, são nomes cotados para disputar a Prefeitura de Macaíba (um ou outro) apoiado pelo atual prefeito Fernando Cunha. Marília Dias, do PMDB, deve ser a candidata de oposição.

Semana do Meio Ambiente é motivo de reflexão sobre agressões ao planeta

A Semana do Meio Ambiente que acontece no período de 05 a 09 deste mês tem que ser motivo para reflexão e mudança de atitude sobre agressões que estão cometendo contra o planeta terra. Em Natal está havendo uma iniciativa importante diante do contexto de descaso e irresponsabilidade que acontece a todo instante. Trata-se do recolhimento de resíduos eletrônicos composto por televisores, computadores, celulares, baterias, placas, caixas de som, mouse e muitos outros itens que são jogados fora poluindo ruas, rios, florestas e os oceanos. A iniciativa é resultado de pareceria entre órgãos como Urbana, Semurb, Idema, Ibama, PRF, entre outros.

Iniciativa desse tipo precisa ser incentivada para que outras cidades brasileiras passem a adotar o mesmo procedimento, preservando assim, a natureza e a própria vida. Um dado estarrecedor: a maioria dos condomínios residenciais de Natal não fazem a coleta seletiva do lixo, o que mostra o desinteresse e a falta de consciência ambiental. É por essa e outras que o planeta continua num processo de destruição. Para que se minimize esse grave problema é preciso que os gestores públicos realizem companhas sistemáticas de esclarecimento, já que a maioria da população ignora o problema e continua poluindo a terra, o ar e o mar.

Aí estão os efeitos da seca, também resultado das mudanças climáticas devido a depredação e o desmatamento desordenado e irresponsável. Os rios secando e as barragens, também, o que requer uma ação imediata por parte do governo para efetivação de um projeto eficaz e permanente de dessalinização da água do mar e perfuração de poços tubulares em todo o semiárido nordestino. Antes que seja tarde demais.

LEITURA RÁPIDA

Bolsonaro em Natal
O deputado Jair Bolsanaro, que é um dos postulantes ao Palácio do Planalto, estará em Natal na próxima quinta-feira para se encontrar com correligionários e simpatizantes da sua pretensa candidatura. Na quinta ele concede entrevista ao jornalista Felinto Rodrigues, apresentador do programa “Repórter 98” que conta com a participação do também jornalista Jean Valério e Larissa Paraguassu. Jair Bolsanaro, que foi capital do Exército Brasileiro, é uma figura polêmica pelas posições que assume, notadamente no combate ao homossexualismo. Bolsanaro diz-se defensor da família, da ética e da moralidade.

Aumento do PIB
Integrantes do governo Michel Temer comemoram o aumento do PIB – Produto Interno Bruto, de 1 por cento, após queda durante 8 trimestres. Entendem as autoridades econômicas do governo que significa o término do processo recessivo e a retomada do desenvolvimento econômico. A expectativa de melhoria na oferta de empregos ocorrerá a partir do segundo semestre deste ano.

Repente e viola
A “Sexta da Viola” patrocinada pela Prefeitura de Natal na Capitania das Artes está de volta. O projeto conta com incentivo do secretário Dácio Galvão e apresentação do poeta-aboiador Amâncio Sobrinho. O repentista Sebastião Dias, que é também prefeito de Tabira (PE) foi a principal atração do final de semana.

Nova geração
“Oriente-se” é tema da Exposição Fotográfica de Lucas Viegas, realizada no Palácio da Cultura (Pinacoteca Potiguar). Lucas é um dos integrantes da nova geração de artistas do Rio Grande do Norte.

Seca preocupa
A capital do Estado registra chuvas, mas no interior a situação da falta d’água é preocupante, já que as chuvas acontecem irregularmente e localizadas. Existem municípios que não tem água nem para o consumo humano. Os governos continuam subestimando um problema que é da maior gravidade.

Força física
O futebol arte acabou. O que existe agora são jogadores truculentos que mais parecem robores programados para correr 20 quilômetros durante uma partida. O que prevalece agora é a força física em detrimento à habilidade.

Palavra de Ordem

A operação Lava-Jato certamente deixará um legado positivo para o Brasil após anos de investigação, delação e prisão de pessoas que cometeram ilícitos e em razão disso estão sendo punidas. O cenário é ainda de incerteza, mas de esperança de que o País sairá melhor do que quando começou a assepsia ética. Brasileiros estão pagando um alto preço pelos desmandos de gestores públicos que cometeram infrações, principalmente pela ação deletéria dos falsos “messias” e “rainhas da enganação” que ludibriaram a Pátria, deixando um rastro de destruição. Nessa história toda não existem inocentes, já que fazem parte de um modelo político nocivo à democracia e a própria sociedade que precisa ser mudado.

Entretanto, para que isso seja efetivado, é preciso que se estabeleça uma reforma política urgentemente. Além dessa reforma primordial para o aperfeiçoamento do processo, outras reformas, como a previdenciária e tributária se fazem necessário para ajudar tirar o País do caos em que se encontra. Mesmo diante de tudo que se vivencia no Brasil contemporâneo, o comportamento do brasileiro deve ser de ânimo e otimismo, já que historicamente são das crises que surgem as melhores alternativas e soluções para se resolver os problemas de grandes Nações como o Brasil. É a palavra de ordem.

Leitura rápida

Palestra de Mailson

+ O ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega, que é um dos principais articuladores da revista Veja, faz palestra em Natal amanhã (sexta-feira) na FIERN dentro da programação alusiva ao Dia da Indústria – 25 de maio. Está sendo desenvolvida uma vasta programação, inclusive cultural com apresentação do cantor forrozeiro Valdonis.

Privatizar é preciso

+ O Estado não pode tomar conta de tudo, daí a necessidade de privatizar órgãos públicos como CAERN e Potigás, a exemplo de outras que inclusive, são perdulárias e deficitárias causando despesas ao erário público estadual. A UERN – Universidade Estadual do Rio Grande do Norte é exemplo de desvio de função do Estado por se tratar de ensino superior que deve ser de responsabilidade do Governo Federal. O Estado gasta recursos vultosos para manter essa universidade, dinheiro que poderia ter outra destinação, como investimentos na saúde e na educação.
Ambiente favorável

+ Mesmo diante das turbulências políticas o ambiente econômico continua favorável no País, particularmente no Rio Grande do Norte onde está havendo abertura de novas empresas com oferecimento de vagas de trabalho para os norte-rio-grandenses.
Ao som de Luiz Gonzaga

+ José Adécio, deputado do DEM, iniciou uma série de visitas ao interior do Estado. Recentemente esteve em Parelhas onde conversou com estudantes e lideranças políticas. Almoçou embalado nas músicas de Luiz Gonzaga, de quem é fã incondicional. Adécio poderá apresentar o filho Gustavo Costa para substituí-lo na Assembleia Legislativa.
Torcedor otimista

+ O otimismo voltou à torcida do América. O Time venceu o Murici por 3 a zero no último jogo em Natal. Agora vem o Sergipe fora de casa valendo pela Série D do Campeonato Brasileiro. O time conta com o trabalho eficiente do treinador Leandro Campos e Cascata, um dos jogadores mais talentosos que se viu jogar no Rio Grande do Norte. O jogo com o Sergipe será domingo à tarde.

+ Frase: “O Congresso Nacional precisa dar continuidade às reformas estruturais, que são fundamentais para colocar o País no rumo certo”. (Comunicado da CNI- Confederação Nacional da Indústria, feito à Nação Brasileira).