terça,
Hi-Tech
Cientistas desenvolvem caneta capaz de detectar câncer em 10 segundos
A caneta funciona de maneira simples, aproveitando-se da autenticidade das células afetadas, que, diferentemente das células saudáveis
NBC
A revista acadêmica Science Translational Medicine publicou a pesquisa do grupo e cientistas norte-americanos

Uma caneta revolucionária que promete ajudar diretamente no tratamento de câncer foi anunciada por pesquisadores vinculados à Universidade do Texas, nos Estados Unidos. O objeto se propõe a identificar tecidos com características cancerígenas em apenas 10 segundos, com taxa de 96% de precisão. Quando comparado a outros tipos de métodos, a caneta se mostrou 150 vezes mais veloz para detectar a ainda garantiu mais certeza na indicação da doença. O dispositivo foi chamado de MacSpec e foi criado com a pretensão de auxiliar médicos e profissionais da área de saúde a realizarem cirurgias com mais precisão, extraindo tecidos específicos e necessários de serem eliminados, diminuindo assim a possibilidade de reincidência das células cancerígenas. 253 pacientes já foram alvos de testes com a caneta.

A revista acadêmica Science Translational Medicine publicou a pesquisa do grupo e cientistas norte-americanos. A caneta funciona de maneira simples, aproveitando-se da autenticidade das células afetadas, que, diferentemente das células saudáveis, possuem uma composição única e diferenciada. O dispositivo possui um banco de dados com listas de tecidos cancerígenos com as quais as novas células identificadas são comparadas. “Sempre existiu uma maneira de oferecer ao paciente uma cirurgia mais precisa, mais rápida ou mais segura. É ela que iremos buscar”, afirmou no estudo publicado James Suliburk, um dos colaboradores do projeto. A novidade deve ser lançada já em 2018.

 

 

Fonte: Diário de Pernambuco