Coquetéis
[Dicas] Aprenda a fazer as caipirinhas que vão bem com o seu churrasco
Entre as escolhas mais recomendadas estão aquelas feitas com frutas cítricas, como abacaxi e limão
Reprodução
Bebida queridinha do brasileiro é uma boa pedida para acompanhar carne assada

Ela representa um dos maiores símbolos da identidade nacional e já ganhou reconhecimento em todo o mundo. Há quem prefira aquelas feitas com frutas mais cítricas ou mais doces, com açúcar ou adoçante, com cachaça, vodca ou saquê.

Mas não são todas que caem bem com carnes. O barman Souza, que trabalha há 10 anos no bar Veloso, em São Paulo, diz que, ainda que a caipirinha seja um dos drinques mais pedidos para acompanhar todo e qualquer tipo de prato, há frutas e bebidas mais indicadas quando o assunto é carne.

“Quando você está num churrasco, a quantidade de carnes ingerida já é grande. Então, o ideal é tomar caipirinhas mais leves”, diz. “Isso significa escolher frutas que não vão ‘encher tanto’, como as cítricas.”

1268-souza-e-caipirinha

Entre as citadas por Souza e mais pedidas no Veloso estão as de abacaxi, gengibre e limão; tangerina com pimenta dedo de moça; tangerina com siriguela (quando é época) e diversas opções misturadas com limão, como caju, lima da pérsia e maracujá; e a junção de três limões (siciliano, tahiti e rosa). “Elas funcionam da mesma forma que um digestivo após o almoço”, diz Souza.

As mais doces, como de morango e frutas vermelhas, segundo ele, pesam mais e não vão deixar tanto “espaço” para você se deliciar com as carnes.

Sobre a melhor bebida para acompanhar a sua caipirinha de fruta cítrica, a melhor pedida, na opinião de Souza, é a boa e velha cachaça. “Com ela, você consegue sentir mais o gosto da fruta”, afirma. Dentre as opções, prefira as brancas às amarelas.

 

Dicas para não errar na caipirinha

  • Frutas frescas são mais saborosas. Se a fruta escolhida for limão, ele tem de estar bem verde. Se for tangerina, a preferência deve ser para aquelas que têm a casca mais colada à fruta, porque rendem mais;
  • No caso da caipirinha clássica, o limão deve ser usado inteiro e com casca (bem lavada). Depois, corte-o ao meio, retire o miolo e só depois corte-o em fatias finas;
  • O gelo pode vir em cubos e não precisa ser triturado;
  • A base da receita de uma boa caipirinha é a mesma (o único item que varia são as frutas): adicionar duas colheres de sobremesa de açúcar, macerar o açúcar e o limão (ou quaisquer outras frutas aqui) e, por último, colocar o gelo e o destilado de preferência (75 ml);
  • Se a caipirinha for feita com adoçante, um sachê é suficiente no caso de tangerina, caju e a maioria das frutas mais cítricas; dois sachês para o caso de limão. Se for em gotas, 10;
  • No caso de kiwi e morango, frutas mais doces, diminuir a quantidade de açúcar/adoçante.