Humm
Culinária asiática: invista nos temperos coreanos e dê mais sabor à comida
O tempero deve ser guardado na geladeira em recipientes de vidro bem fechados
Jakub Kapusnak Unsplash
A comida coreana é especial, pois está intimamente ligada à cultura e história do país

O Kimchi, por exemplo, é um exemplo disso. É um dos mais conhecidos pratos coreanos, feito de acelga, repolho, rabanete ou nabo em uma conserva apimentada e é servido com quase todas as refeições coreanas.

Gochugaru (Pimenta Coreana em pó)

A tradução de Gochu é pimenta vermelha, enquanto Garu é pó em coreano. Ou seja, o Gochugary consiste em chili desidratado e seco. Pode ser comprado em forma de flocos ou em pó fino. O tempero deve ser guardado na geladeira em recipientes de vidro bem fechados.

Gochujang (Pimenta Coreana em pasta)

Com aparência que lembra ketchup, o Gochujang é um dos principais temperos da culinária da Coréia. Trata-se de uma pimenta em pasta utilizada como acompanhamento de pratos e como ingrediente de diferentes receitas. O Gochujang pode ser comprado pronto e em vários níveis de picância. Sua fórmula costuma incluir pimenta vermelha, soja fermentada, arroz glutinoso e sal.

Kimchi

O Kimchi na verdade não é um tempero, mas sim uma iguaria muito tradicional nos países asiáticos. Consiste, basicamente, em repolho fermentado e bem temperado com pimenta e especiarias. Pode ser considerado o alimento base da culinária coreano, porque é ingrediente de outras receitas e também pode ser consumido sozinho, sendo acompanhamento de diferentes refeições.

Doenjang (Pasta fermentada de soja)

Utilizada para condimentar vegetais, para dar um gosto a mais em petiscos ou como ingrediente de sopas e cozidos, a Doenjang é uma pasta fermentada de soja. Assim como os outros temperos coreanos, pode ser encontrada pronta com facilidade – mas dizem que a pasta feita em casa, de forma artesanal, fica muito mais especial. A Doenjang tem um sabor mais suave que o missô, a pasta de soja do Japão. Consiste em um tempero rico em vitaminas e minerais.

Óleo de gergelim

Responsável por um sabor único, o óleo de gergelim é bastante utilizado nos pratos da Coreia – e dos países asiáticos de forma geral. Nos mercados estão disponíveis diferentes tipos: o óleo dourado, o marrom, o amarelo claro, entre outros. Nos pratos coreanos o óleo torrado é um dos principais. O óleo é extraído das sementes de gergelim, que são pressionadas. Além de ser utilizado como óleo comum, para refogar alimentos, ele também é ingrediente para molhos.

 

 

Fonte: Notícias ao Minuto