terça,
Conquista
Suíça segura empate com a Irlanda do Norte e se classifica à Copa do Mundo
Derrotada em casa no confronto de ida, a Irlanda do Norte precisava surpreender o tradicional adversário mesmo jogando na Basileia
AFP
A seleção suíça esteve longe de ser brilhante

A seleção suíça esteve longe de ser brilhante. Mas, depois de vencer fora de casa o duelo de ida pela repescagem europeia da Copa do Mundo da Rússia, por 1 a 0, a equipe segurou o empate por 0 a 0 com a Irlanda do Norte neste domingo, no estádio St. Jakob-Park, na Basileia, e assegurou sua classificação ao Mundial de 2108.

E o passaporte para a Rússia se deve especialmente a um jogador: o lateral-esquerdo Ricardo Rodríguez, do Milan. Foi ele, afinal, quem fez de pênalti o gol no duelo de ida. E foi ele quem, já nos acréscimos deste domingo, salvou em cima da linha cabeçada de Evans.

A “defesa” de Rodríguez, assim, garantiu a Suíça em sua 11ª Copa do Mundo e à quarta consecutiva – jogou também em 1934, 1938, 1950, 1954, 1962, 1966, 1994, 2006, 2010 e 2014.

Derrotada em casa no confronto de ida, a Irlanda do Norte precisava surpreender o tradicional adversário mesmo jogando na Basileia. E, no início, deixou a impressão de que poderia alcançar o feito: logo aos dois minutos, Brunt aproveitou sobra, arriscou de longe e acertou o ângulo. A bola só não entrou porque Sommer fez defesa espetacular.

Aos poucos, contudo, a Suíça foi dominando o duelo. E, embora se classificasse com o empate, desperdiçou chances sucessivas no primeiro tempo. Aos 22, dentro da área, Seferovic recebeu e chutou com perigo. Dois minutos depois foi a vez de Shaqiri finalizar e exigir boa defesa de McGovern, que ainda salvaria arremate de Zuber.

O ritmo seguiu similar no segundo tempo: a Suíça controlava, chegava com certo perigo e a Irlanda do Norte aguardava os contra-ataques. E os visitantes tiveram sua grande chance já nos acréscimos, após bola levantada na área. Mas Ricardo Rodríguez salvou cabeçada em cima da linha e assegurou a classificação suíça.

O Mundial da Rússia, assim, já conta com 27 seleções classificadas. Além da Suíça, a primeira seleção garantida pela repescagem europeia, estão confirmados Egito, Nigéria, Senegal, Marrocos, Tunísia, Rússia (país-sede), Brasil, Bélgica, Inglaterra, França, Alemanha, Islândia, Polônia, Portugal, Sérvia, Espanha, Argentina, Colômbia, Uruguai, Costa Rica, Panamá, México, Irã, Japão, Coreia do Sul e Arábia Saudita.