Publicidade
Decisão final
STJD mantém punição, e Potiguar perde, de vez, seis pontos no Estadual
Time mossoroense escalou irregularmente o atleta Sávio, com 15 anos incompletos, na partida de estreia do Campeonato Estadual de 2019
Divulgação / STJD

O Potiguar de Mossoró foi submetido na tarde desta quinta-feira, 28, a julgamento no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro. O clube foi julgado por ter escalado o atleta Sávio com 15 anos incompletos na partida de estreia do Estadual, contra o Força e Luz. Essa idade é vedada pelo Regulamento Geral de Competições da FNF.

Após ter sido derrotado duas vezes no Tribunal de Justiça Desportiva do RN, o clube recorreu à instância superior, mas sofreu um terceiro revés, desta vez por unanimidade. Com isso, a equipe perdeu 6 pontos na classificação do primeiro turno e também na classificação geral do Campeonato Estadual. Agora, o time está com 21 pontos no torneio.

Em nota oficial, o Potiguar disse que lamenta a decisão, mas respeita e vai cumpri-la. A boa notícia é que a dedução dos pontos em nada interfere na campanha do Time Macho no segundo turno, onde a equipe se classificou com uma rodada da antecedência para a final e vai encarar o América, faltando, neste momento, definir apenas o mando de campo.

Publicidade
Publicidade