quinta,
Argentina
Justiça pede prisão de jogador por abuso contra menina de 11 anos
Argentino naturalizado paraguaio Jonathan Fabbro teria abusado da afilhada entre 2012 e 2016
Marcos Brindicci/Reuters
Fabbro já defendeu equipes argentinas, paraguaias e, no Brasil, o Atlético-MG

A Interpol recebeu nesta segunda-feira (4) um pedido da Justiça argentina para a prisão do jogador Jonathan Fabbro, de 35 anos, por suposto abuso sexual de uma menina de 11 anos – sua afilhada – entre 2012 e 2016. Atualmente no Lobos Buap, do México, o atleta nasceu na Argentina e se naturalizou paraguaio – ele é namorado da modelo Larissa Riquelme, musa do Paraguai na Copa de 2010.

“A intenção do pedido de prisão internacional é para evitar qualquer possibilidade de fuga. É uma pessoa com recursos e poderia fugir. A causa foi iniciada em abril deste ano. Ele responde por outra denúncia no Paraguai por este tipo de feito”, diz o documento da Justiça argentina.

Fabbro já defendeu equipes argentinas, paraguaias e, no Brasil, o Atlético-MG.

 

 

Fonte: Notícias ao Minuto