Publicidade
Surf
Jadson André passa para terceira fase de competição em Portugal
Condições do mar não foram um empecilho para o surfista potiguar
WSL

O surfista potiguar, Jadson André, superou as condições difíceis do mar e passou a primeira bateria que competiu nesta quinta-feira (17) no Mundial em Portugal. Ele enfrentou os australianos Jack Freestone e Owen Wright em Peniche e acabou ficando com a segunda colocação na bateria. Com o resultado, conseguiu avançar direto para a fase 3.

“As condições do mar estavam super difíceis. Praticamente todo mundo estava passando as baterias fazendo uma manobra por onda. Foi o que eu fiz também. E ainda consegui fazer um tubo bem técnico que foi o suficiente pra virar em cima do Owen Wright”, disse Jadson.

Jack Freestone somou 10.30 e ficou em primeiro na bateria. Jadson fez um 4.70 e um 4.83. Owen Wright somou 8.73 e foi para a repescagem.

O potiguar não compete mais nesta quinta e está animado para as próximas baterias. “As condições parecem boas pra amanhã e estou bastante confiante pra fazer o meu melhor resultado no Mundial este ano”.

Publicidade
Publicidade