terça,
Chance
Grêmio tropeça e Corinthians pode ser campeão nesta quarta-feira
Com o resultado, o time gaúcho alcança os 58 pontos e permanece em segundo na classificação, mas pode ser ultrapassado pelo Santos
Foto: Everton Silveira/Photo Premium/Gazeta Press
O confronto ocorreu no estádio do Juventude, na Serra Gaúcha

No estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), Grêmio e Vitória empataram em 1 a 1, neste domingo, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do duelo foram marcados por Patric em posição duvidosa, para o Vitória, e Fernandinho, para o Grêmio.

Com o resultado, o time gaúcho alcança os 58 pontos e permanece em segundo na classificação, mas pode ser ultrapassado pelo Santos, que joga nesta segunda-feira, contra a Chapecoense, na Arena Condá (SC). O clube baiano chegou aos 39 pontos e segue na 16ª posição. O empate foi bom também para o Corinthians, que depende apenas de uma vitória na próxima rodada, contra o Fluminense, para garantir o título matematicamente.

O confronto ocorreu no estádio do Juventude, na Serra Gaúcha, devido ao show do ColdPlay que aconteceu na Arena do Grêmio no sábado. Com isso, o gramado do local não tinha condições de receber o jogo no domingo.

No Grêmio, o técnico Renato Portaluppi teve três desfalques. No gol, Paulo Victor entrou no lugar de Marcelo Grohe, que estava com dores na cervical. Na lateral-direita, Edílson, com um desconforto muscular, foi poupado e Léo Moura assumiu a posição. Sem Bruno Cortez e Marcelo Oliveira (lesionados), o treinador improvisou na lateral-direito Leonardo na esquerda. O restante da equipe foi toda titular. A curiosidade foi a opção pelo garoto Jaílson iniciar o jogo e Michel, considerado titular, ficar no banco de reservas.

O técnico do Vitória, Vagner Mancini, teve três desfalques. O meia Yago, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, deu lugar para o retorno de Neílton. O volante Uillian Correia, expulso no duelo contra o Palmeiras, foi substituído por Ramon. O zagueiro Wallace pertence ao time gaúcho e está impedido de atuar devido a uma cláusula contratual, teve a posição ocupada por Bruno Bispo.

 

 

Fonte: Terra