Publicidade
Pêsames
Federação Norte-rio-grandense lamenta morte de Eurico Miranda
Dirigente histórico e polêmico do clube carioca, ele estava com 74 anos e havia dado entrada no hospital Vitória, na Barra da Tijuca, no Rio, após passar mal
Leonardo Magliano
Eurico Miranda foi um dos dirigentes mais polêmicos do futebol brasileiro

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) lamentou a morte do ex-dirigente do Vasco da Gama, Eurico Miranda. O cartola faleceu no início da tarde da terça-feira, 12, em razão de um câncer no cérebro.

Dirigente histórico e polêmico do clube carioca, ele estava com 74 anos e havia dado entrada no hospital Vitória, na Barra da Tijuca, no Rio, após passar mal. O dirigente lutava há anos com problemas de saúde, como um câncer na bexiga e outro no pulmão.

Confira abaixo a nota da FNF:

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) registra com pesar o falecimento de Eurico Miranda, ex-presidente do Clube de Regatas Vasco da Gama (RJ), ocorrido no início da tarde dessa terça-feira, 12. O dirigente do clube morreu vítima de câncer, aos 74 anos.

Que Deus garanta o merecido conforto. A FNF, muito respeitosamente, em nome do presidente José Vanildo, registra nossos sentimentos aos familiares, torcedores e amigos, solidarizando com a dor da perda de um dirigente marcante do futebol nacional.

Descanse em paz.

Publicidade
Publicidade