Lamento
“Empate teve influência muito grande da arbitragem”, afirma Ranielle Ribeiro
Treinador acredita que, quando o placar estava favorável em 2 a 1 para o ABC, a arbitragem assinalou um pênalti não existente para o time baiano, o que permitiu o empate em 2 a 2
José Aldenir / Agora Imagens
Ranielle Ribeiro ficou insatisfeito com a arbitragem no duelo contra o Vitória

O técnico do ABC, Ranielle Ribeiro, lamentou o empate cedido pelo clube potiguar na noite do último domingo, 13, ao Vitória, em jogo válido pela fase de grupos da Copa do Nordeste, disputado no Barradão. O treinador acredita que, quando o placar estava favorável em 2 a 1 para o ABC, a arbitragem assinalou um pênalti não existente para o time baiano, o que permitiu o empate em 2 a 2.

“Pelas circunstâncias do jogo a gente fica um pouco triste por ter feito 2 a 0 e um dos gols sofridos, que foi o gol do pênalti teve uma influência muito grande do erro da arbitragem, ele picotou o jogo o segundo tempo inteiro o que nos dificultou muito no decorrer do segundo tempo”, criticou.

O Vitória reagiu após o gol de empate e virou o jogo para 3 a 2. O ABC só conseguiu o empate no apagar das luzes, aos 47 minutos do segundo tempo. O resultado colocou o alvinegro mais perto da classificação para a próxima fase do torneio.

“Não considero justo o resultado pelo erro da arbitragem, mas foi justo em relação ao que as duas equipes construíram durante toda a partida. Foi um ponto importante que pode nos classificar, mas o pensamento é brigar pela primeira colocação para trazer a decisão do jogos de mata-mata sempre para dentro de nossa casa onde nossa torcida é muito forte e faz a diferença”.