Publicidade
Torneio
Competição de Taekwondo movimenta Jogos Escolares Municipais 2019
Escola Municipal Ferreira Itajubá sediou as competições, com a participação de 90 atletas, divididos em 12 categorias
Lili Gomes / PMN
Taekwondo se tornou um esporte olímpico nas olimpíadas de Sydney no ano 2000

O Taekwondo se tornou um esporte olímpico nas olimpíadas de Sydney no ano 2000. Em coreano, a palavra Taekwondo significa caminho dos pés e das mãos através da mente. Como quase todas as artes marciais, o esporte possui uma filosofia que consiste na valorização da perseverança, integridade, autocontrole, cortesia, respeito e lealdade. A Escola Municipal Ferreira Itajubá sediou na terça-feira, 24, as competições de Taekwondo nos Jogos Escolares Municipais (JEMs) 2019, com a participação de 90 atletas, divididos em 12 categorias. A modalidade está presente nos JEMs há quatro anos.

Participaram das competições de Taekwondo sete escolas municipais: Ferreira Itajubá, Professora Josefa Botelho, Professor José Melquíades, Professora Terezinha Paulino, Prefeito Mário Lira, João XXIII e Professor Luiz Maranhão Filho.

A professora de Educação Física, Kenia Soares Costa, da Escola Municipal Professor José Melquíades, explicou sobre a preparação para os JEMs. “Treinamos normalmente durante todo o ano, e um pouco antes dos JEMs e de outras competições, nós reforçamos os treinos. É importante que os alunos participem dessas competições, já que elas reforçam a autoestima dos estudantes-atletas, os estimulam, até mesmo, na manutenção das notas, e ensinam a aceitar a derrota e respeitar o adversário em qualquer situação”, afirmou a professora.

A aluna-atleta da Escola Municipal Ferreira Itajubá, Kauane Alexandra Rodrigues de Oliveira, de 10 anos, que cursa o 5° ano, ganhou a disputa na categoria Pré-Mirim Feminino. Kauane contou como foi a preparação para ganhar a luta. “Treino muito com a minha adversária de hoje, no meu dia a dia, então já conhecia sua maneira de lutar. Pretendo me preparar para outras lutas. Quero evoluir até chegar no último Dan”, disse.

O praticante de Taekwondo tem a caminhada dividida inicialmente em kup e, em seguida, em dans. Os Kup correspondem a um Cinturão colorido, existem dez Kups que se organizam em ordem decrescente. Depois de conquistar todas as cores de Kups, o praticante se torna faixa preta, chegando aos Dans, os sinais de dan agora se baseiam em traços perpendiculares na faixa preta, indicando o 1° Dan, podendo chegar até o 10°.

Cada dan corresponde a uma graduação da faixa preta. Existem dez dans, em ordem crescente, onde o décimo Dan é vitalício e só uma pessoa pode possuir. Quanto maior o dan, maior será seu desenvolvimento dos conhecimentos e aprimoramentos da arte. A cor preta simboliza dignidade, dedicação, postura e liderança.

Moises Franklin Lobato de Morais, de 11 anos, aluno do 5°ano da Escola Municipal Ferreira Itajubá competiu na categoria Mirim Masculino e explicou a importância do esporte. “Na minha visão, o taekwondo não é só lutar para ganhar, eu gosto de lutar porque me faz feliz e bem para a saúde”.

Publicidade
Publicidade