Volta ao trabalho
Com elenco ‘caseiro’, Globo inicia preparação para temporada 2019
De acordo com o técnico Higor César, a atitude inédita da direção globense traz, também, uma grande responsabilidade
Rhuan Carlos / Globo FC
Volante Ramon, que estava no Alecrim, vai defender o Globo em 2019

Desde que chegou ao futebol profissional, em 2014, o Globo sempre prezou pela continuidade dos trabalhos realizados no ano anterior. Até 2018, mais de 50% do elenco do clube era remanescente e já estava identificado com a casa, uma forma estratégica da diretoria para alçar voos mais altos. No entanto, para 2019, essa realidade mudou. Pela primeira vez, a Águia reformulou completamente o seu time.

Sob o comando do técnico Higor César, que comandou a equipe no returno da Série C deste ano, o Globo apostou na formação de um elenco caseiro para o ano que vem. Todos os reforços anunciados são velhos conhecidos do torcedor potiguar. De acordo com o comandante, a atitude inédita da direção globense traz, também, uma grande responsabilidade.

“Isso não tinha acontecido desde a fundação, em 2013. Será uma pré-temporada diferente das outras, até porque sempre tínhamos uma base para poder iniciar, e hoje é totalmente diferente. Só temos cinco remanescentes que fizeram a Série C comigo e, destes, quatro subiram recentemente da base. O outro é o zagueiro Alexandre, que renovou para o estadual”, declarou o treinador.

Para Higor, apesar do trabalho estar sendo iniciado praticamente do zero, a pretensão do clube é chegar, em 2019, ao título da primeira divisão do Campeonato Potiguar. “Estamos montando um time caseiro, juntando jovens com alguns experientes, mas nosso pensamento é brigar pelo título. Sabemos das dificuldades que vamos ter, mas, com muito trabalho vamos procurar este objetivo”, adiantou.

Entre os reforços anunciados pela equipe de Ceará-Mirim visando a temporada de 2019 estão o volante Ramon, que jogou a segunda divisão deste ano pelo Alecrim; o zagueiro Fabiano, que também estava no Verdão; o meia Chiclete, ex-Palmeira de Goianinha; o o lateral-esquerdo Nininho, ex-ASSU; e o volante Cícero Matheus, que neste ano defendeu o Força e Luz na primeira divisão do Estadual.

“Alguns já trabalharam comigo, outros não, mas esses outros a gente vinha monitorando, vendo jogos, procurando saber as características de cada um. São jogadores que chamamos no futebol de caseiros, ou que também são de outros estados, mas que estão há muito tempo jogando aqui”, concluiu o treinador.

A estreia do Globo no Campeonato Potiguar está marcada para o dia 9 de janeiro, no Estádio Frasqueirão, contra o atual tricampeão ABC. Em sua história, o clube acumula um título da segunda divisão local (em 2013) e dois vices da elite (em 2014 e 2017).