domingo,
J-Bay
Jadson André bate com a cabeça na prancha e sofre corte ao sair de tubo
Após pancada na quilha e sangramento, potiguar sai logo da água para evitar atrair tubarões e vai direto ao hospital levar pontos
Divulgação
Jadson é um dos 6 brasileiros na repescagem e enfrenta Kolohe Andino

Jadson André foi da alegria à dor ao surfar um tubo nas longas direitas de Jeffreys Bay, na África do Sul. Ao sair do cilindro, o potiguar bateu com a cabeça na quilha da prancha e sofreu um corte profundo. Jadson saiu do mar rapidamente para evitar que o sangue atraísse a presença de tubarões e foi diretamente ao hospital levar pontos no hospital Policlinic Jeffreys Bay. O surfista da vila de Ponta Negra, em natal (RN), está escalado para a quarta bateria da repescagem (segunda fase) contra o americano Kolohe Andino. Outros cinco brasileiros lutam pela sobrevivência no round 2: Filipe Toledo, Wiggolly Dantas, Ian Gouveia, Miguel Pupo e Caio Ibelli.

– Eu estava no tubo e quando saí, senti uma pancada na cabeça. Imediatamente, senti que havia algo errado. Logo após botar a mão na cabeça, vi o sangue. Virei a prancha e me mandei para a areia, porque aqui nessa água eu não fico sangrando – disse Jadson a Pedro Burckauser, idealizador do projeto “People on Tour”, que acompanha in loco as 11 etapas do Tour.

O SporTV.com transmite as baterias ao vivo, e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real. A próxima chamada para avaliar as condições do mar será na madrugada desta segunda-feira, às 2h30, pelo horário de Brasília. Gabriel Medina, Adriano de Souza e Italo Ferreira venceram os seus adversários pela estreia e avançaram à terceira fase. Mick Fanning defende o título na sexta de 11 etapas do Circuito Mundial de 2017 e pode chegar ao hexacampeonato no local.

 

 

Fonte: G1