Reconhecimento
Vencedores do concurso de redação serão premiados em cerimônia na Câmara de Natal
Em junho passado o concurso foi lançado dentro de uma extensa programação que relembrou como o legislativo natalense vivenciou o período de redemocratização após a era Vargas
José Aldenir / Agora RN
Solenidade ocorre no plenário da Casa a partir das 18h30

Encerrando as festividades pelos 70 anos de reinstalação da Câmara Municipal de Natal, estudantes da cidade vencedores do concurso de redação promovido pela Casa serão premiados nesta quinta-feira, 8, durante solenidade. Em junho passado o concurso foi lançado dentro de uma extensa programação que relembrou como o legislativo natalense vivenciou o período de redemocratização após a era Vargas. A solenidade ocorre no plenário da Casa a partir das 18h30.

Para participar do concurso, os alunos de escolas públicas e privadas precisaram discorrer sobre a temática da participação do jovem no parlamento municipal. Três trabalhos foram selecionados tendo como autores Juan Lennon Aureliano Fernandes (Colégio Salesiano São José), Isa Medeiros de Souza (Colégio Salesiano São José) e Alejandra Susse Justis Gonzalez (Instituto Maria Auxiliadora).

“Quisemos fazer os alunos refletirem sobre a importância da sociedade e dos jovens estarem mais próximos do parlamento. Numa iniciativa como esta, os alunos precisam pesquisar, se voltar para o tema, tirar suas conclusões e escrever. Assim a Escola do Legislativo cumpre seu papel de ser esse braço voltado para a formação e educação, não apenas do público interno, mas mantendo esse elo com a sociedade”, destacou a diretora da Escola do Legislativo Wilma de Faria, professora Michele Paulista.

O presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa, diz que a iniciativa vai ao encontro do novo modelo de atuação do legislativo, no tocante a aproximar a Câmara cada vez mais da sociedade. “Para que possamos dar um destaque a valorização da educação por meio da Escola do Legislativo, estimulando os estudantes a ler, refletir e escrever e se formarem bons cidadãos com ênfase no estreitamento dessa relação entre o parlamento e a juventude”, diz o presidente.

Além do concurso de redação, a Câmara comemorou seus 70 anos de reinstalação com solenidades para homenagear e relembrar todos os que contribuíram para o fortalecimento da democracia em Natal e até ganhou um selo comemorativo dos Correios. Artistas locais e artesãos foram lembrados em apresentações musicais e espaço para artesanato e gastronomia, além de ações de saúde e implantação de um memorial do legislativo onde ficaram alojadas cápsulas do tempo com as perspectivas das instituições envolvidas e dos 29 atuais vereadores para o futuro em pergaminhos que serão abertos daqui a 30 anos, quando será comemorado o centenário da reinstalação do parlamento municipal.Os três textos finalistas do concurso de redação também ficarão permanentemente na cápsula do tempo do Parlamento Municipal.

História

A Câmara Municipal de Natal foi criada ainda no período colonial, em 1611, sob o nome de Senado da Câmara. Durante o Estado Novo, entre 1937 e 1945, as Câmaras Municipais foram fechadas e o poder legislativo dos municípios foi extinto, sendo reabertos somente em 1948, já no período do Estado Novo, e começaram a tomar a forma que hoje possuem. No dia 5 de junho daquele ano, após a era Vargas, a Câmara Municipal de Natal foi instalada definitivamente, completando 70 anos dessa data simbólica no ano de 2018, quando o feito está sendo relembrado.