terça,
Formação
Prefeitura de Extremoz forma em Libras professores, diretores, ASGs e estagiários
Primeira turma de profissionais que trabalham na Educação no curso de Libras foi formada com objetivo de promover inclusão social de estudantes surdos
Canindé Santos
Formação de profissionais aconteceu nesta segunda-feira, 06

A Prefeitura de Extremoz formou a primeira turma de profissionais que trabalham na Educação no curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras). A iniciativa visa a inclusão social de estudantes surdos da rede pública municipal de ensino. A entrega dos certificados foi realizada nesta segunda-feira, 06, na Universidade Aberta do Brasil (UAB) – Polo Darcy Ribeiro – para 30 profissionais, incluindo professores, diretores, ASGs e estagiários.

Segundo o secretário de Educação de Extremoz, José Eliê Ribeiro, os profissionais formados nessa primeira fase passarão por outras etapas de capacitação para aperfeiçoar ainda mais o aprendizado em Libras. Ele acrescenta que o curso também será repetido no próximo ano para novos profissionais.

O curso de 40 horas foi ministrado pela especialista em Libras, Kalipsa Duarte, que é coordenadora de Educação Especial na rede de ensino; e pela estudante do curso de Letras com habilitação em Libras da UFRN, Sthefannie, que é surda e estagia no município como intérprete para uma criança. Kalipsa afirma que atualmente a rede municipal tem três alunos surdos nas comunidades de Araçá, Grutas e em Pitangui e todos são atendidos por intérpretes de Libras.

“A questão de capacitar o profissional é garantir a acessibilidade e a permanência do aluno surdo na escola. A Língua Brasileira de Sinais é o meio pelo qual o surdo se comunica, então além de inclusão, garante a permanência do aluno na escola e a inserção dele na sociedade”, afirma Kalipsa Duarte.

O prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, participou do evento e falou sobre a importância do curso. “Essa capacitação em Libras permitirá que os profissionais transmitam com maior facilidade e eficiência o precioso conhecimento aos nossos alunos surdos. Com isso estamos igualando as oportunidades para que todos possam estudar e sonhar em ser o que quiserem ser profissionalmente”, conclui o prefeito.