Cinema
Estudantes de escola estadual produzem curta-metragem sobre temas sociais
Curta-metragem “Vidas Cruzadas”, produzido por estudantes da primeira e da segunda série do ensino médio já está na fase de pós-produção
Seec
Projeto recebeu, através do edital, recursos no valor de 3 mil reais para a aquisição de equipamentos que auxiliem na produção

Uma das 141 escolas selecionadas para participar da primeira fase 1ª Mostra de Cultura e Arte das Escolas do RN, a Escola Estadual Professor Gaspar, localizada no município de Monte Alegre, já está com a produção de seu projeto a todo vapor. O curta-metragem “Vidas Cruzadas”, produzido por estudantes da primeira e da segunda série do ensino médio já está na fase de pós-produção.

O projeto de cinema recebeu, através do edital, recursos no valor de 3 mil reais para a aquisição de equipamentos que auxiliem na produção. “Nós começamos a produzir o curta com recursos próprios. Agora com a chegada dos recursos, pretendemos comprar uma câmera filmadora, computador para edição de imagens e uma mochila para guardar esses equipamentos”, contou Renato Ferreira, professor de inglês e responsável pelo projeto.

O curta, que está sendo produzido para exibição na escola – a primeira fase do projeto –, conta a história de vida de 4 estudantes. “Escolhemos tratar de temas sociais. São 4 histórias que falam de abuso sexual, racismo, uso de drogas e homofobia”, disse o professor. “Escolhemos músicas em inglês relacionadas às temáticas e trabalhamos em sala de aula para que fossem inseridas no curta-metragem”, completou.

Escolas das 16 diretorias regionais foram contempladas com a transferência dos recursos, como previsto no edital. No total, são mais de R$ 400 mil destinados aos projetos selecionados. A intenção é que o processo de aprendizagem dos estudantes seja favorecido com o investimento desses recursos em ferramentas educativas. “Essas metodologias educacionais dinamizam as ações da escola, então o investimento nesses projetos pela Mostra de Arte e Cultura, com certeza, favorecem as práticas escolares”, declarou Jailma Carvalho, coordenadora de Desenvolvimento Escolar da Secretaria de Educação do RN.

Próximas etapas

Após sua exibição na escola, o curta-metragem, assim como os outros projetos selecionados pelo edital, fará parte de um momento cultural que será realizado na diretoria regional na qual a escola é jurisdicionada.

Nessa etapa serão selecionados até três projetos de cada Direc para participar da última fase, a Mostra Estadual de Cultura e Arte, um grande evento cultural com apresentações de grupos oriundos do estado inteiro, que acontece em agosto.