Publicidade
Zeca Melo defende que empresários e trabalhadores participem do grupo

Para Zeca Melo, superintendente do Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do RN (SEBRAE/RN), a sugestão da Federação das Indústrias, de instalação de um grupo de apoio da área econômica ao governo do Estado, é muito bem-vinda. Ele defendeu a presença, neste conselho, de empresários experientes e também de representantes dos trabalhadores.

“Acredito que o grupo possa ser representado não só por federações e SEBRAE, mas por outras figuras experientes. Grandes empresários, representantes dos trabalhadores podem dar um suporte muito grande, ajudar muito, para a gente ter um eixo, um programa de crescimento do RN. É uma coisa salutar”, afirmou.

De urgente, além de defender o setor agropecuário em relação à seca, o conselho teria outras atribuições. “Precisamos trabalhar a questão da exportação, a recuperação de atividades econômicas que tiveram um grande momento e, hoje, estão em baixa, como a fruticultura, a carcinicultura. Precisamos ter uma discussão com a Petrobras, sobre o aumento da produção nos níveis anteriores. A gente tem muito a fazer”, observou.  

Para o presidente da Federação da Agricultura, José Álvares Vieira, o objetivo do Conselho é discutir o desenvolvimento econômico do RN. “Sugerimos que o governo pense dessa forma e que possamos juntos discutir ações e promover o desenvolvimento do RN através de um conselho do setor produtivo”, afirmou.

Publicidade
Publicidade