Publicidade
Presidente da FCDL se diz preocupado com a saída de empresas do RN

Em entrevista ao Programa Bom Dia Cidade, da 94 FM, o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Norte – FCDL, Marcelo Rosado, se disse preocupado com as declarações de Flávio Rocha, vice-presidente do Grupo Guararapes. “A Guararapes é um grupo muito grande e a opinião de Flávio Rocha não é declaração regional ou nacional é mundial. É uma preocupação que o empresariado não encontre um ambiente propício para crescer em nosso estado. Não tenho visto um sentimento de otimismo dos empresários para investir aqui no estado. Tenho escutado que os empresários estão tendo mais oportunidades de abrir empresas em outros estados”, disse.

Marcelo Rosado disse que confia em Rosalba como todos que votaram nela confiam, mas que a postura pouco atrativa em atrair empresas de outros estados preocupa. “Vemos uma postura muito agressiva dos outros estados com incentivos fiscais e oferecendo áreas para instalação. Um exemplo é Pernambuco que além de um porto instalado, possui uma logística e incentivos que estão atraindo muitas empresas”, e continuou “As empresas estão saindo do RN, mas continuam a vender aqui. Elas saem para continuar crescendo. No ano passado, 17 mil empregos deixaram de existir no RN e esse ano tivemos o anúncio do fechamento da unidade da Coteminas no RN”.

Publicidade
Publicidade