Publicidade
Preço
Índice de Preços ao Consumidor: Inflação sobe 0,28% em Natal em maio
Pesquisa de preços constatou aumento de 4,34% nas carnes, de 4,20% nas hortaliças e verduras; 3,41% nas frutas, e de 2,69% nas carnes de aves e ovos
José Aldenir / Agora RN
Combustíveis teve aumento de 3,14%, enquanto o transporte público subiu 1,47% em relação ao mês anterior

Impulsionado pelo aumento da gasolina e do óleo diesel, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade do Natal subiu 0,28% em maio, segundo levantamento divulgado nesta sexta-feira, 7, pela Coordenadoria  de Estudos Socioeconômicos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema).

Também influiu no índice de inflação o aumento médio de 0,27% nos preços dos produtos que compõem o grupo Alimentação e Bebidas, o de maior peso na formação do IPC. No ano, a inflação dos alimentos chega perto dos 5%.

A pesquisa de preços constatou aumento de 4,34% nas carnes, de 4,20% nas hortaliças e verduras; 3,41% nas frutas, e de 2,69% nas carnes de aves e ovos. Já o item Combustíveis teve aumento de 3,14%, enquanto o transporte público subiu 1,47% em relação ao mês anterior.

Com os 0,28% de maio, o acumulado da inflação nos cinco primeiros meses de 2019 foi a 2,27% e nos últimos doze meses, 4,88%. 

O custo da cesta básica ficou estável. Teve uma redução de 0,27%, basicamente em consequência da queda de preços do feijão (-10.63%) e do arroz (-4,11%). Dos treze produtos considerados essenciais para a sobrevivência de uma pessoa, sete tiveram variação positiva, entre eles, o açúcar (8,03%) e o pão (2,55%). O custo com alimentação por pessoa foi de R$ 354,82, ou 35,5% do salário mínimo. Para uma família constituída por dois adultos e duas crianças, o valor sobe para R$ 1.419,28.


INFLAÇÃO NATAL
Maio de 2019

Variação no mês: 0,28%
Variação no ano: 2,27%
Últimos doze meses: 4,88%
Valor da cesta básica: R$ 354,82

IPC MENSAL – 2019
Jan: 0,41%
Fev: 0,38%
Mar: 0,54%
Abr: 0,63%
Mai: 0,28

Publicidade
Publicidade