Comércio
Exportações aumentam durante o mês de agosto, mas em ritmo menor
Embora os dados do mês sejam insuficientes para uma conclusão sobre os próximos meses de 2018, a queda de 85% nas exportações de melões em relação a agosto de 2017
José Aldenir / Agora RN
No acumulado do ano, as exportações estão 4,9% menores que no mesmo período do ano passado

As exportações de agosto no Rio Grande do Norte foram 8,9% maiores que as de julho deste ano e 32,4% menores que as de agosto de 2017. Tecidos de algodão, castanhas de caju, peixes, melões e granitos foram os produtos com maiores valores exportados no mês.

Embora os dados do mês sejam insuficientes para uma conclusão sobre os próximos meses de 2018, a queda de 85% nas exportações de melões em relação a agosto (início da safra de embarques) de 2017, somada à redução já registrada nos últimos meses da safra passada, pode resultar em uma redução bastante acentuada no total exportado em 2018.

No acumulado do ano, as exportações estão 4,9% menores que no mesmo período do ano passado. A balança comercial apresenta redução de 19% nas importações e -11% na corrente de comércio em relação ao mesmo período de 2017.