Publicidade
Opinião
Coluna de Marcelo Hollanda: Dois pesadelos ao cidadão: ser assaltado e ir ao posto
Confira os destaques da Coluna de Marcelo Hollanda, publicada na edição n° 2 do jornal Agora Parnamirim, de 15/05/2019
José Aldenir / Agora RN
Preço da gasolina nas refinarias da Petrobras subiu 35% desde o início do ano

Refino é a chave

Não que os postos tenham culpa no cartório, porque não têm. Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo publicada esta semana, o preço da gasolina nas refinarias da Petrobras subiu 35% desde o início do ano, mas o repasse ao consumidor está sendo represado nas distribuidoras e, principalmente, nos postos de gasolina. Nas bombas, a alta acumulada do ano é somente de 3,7%.

Por falar em gasolina

Num cenário de desaceleração do consumo de combustíveis e dólar alto, até a Petrobras pode pôr as barbas de molho. Uma das saídas da companhia pode estar na ampliação de parcerias no refino, uma das alternativas para “diluir” a pressão das oscilações dos preços do barril no mercado internacional, hoje por volta de US$ 75.

O valor da gaveta

Ela foi feita para guardar as coisas. O cartão de crédito pode e deve ser uma dessas coisas, principalmente se estiver ativo como uma arma carregada pronta para disparar em compras desvairadas. Colocar o cartão de crédito de castigo é mais fácil do que fazer isso com o seu filho adolescente e, ao contrário do crime, compensa. É mais fácil do que parar de fumar ou diminuir o número de cafezinhos. No final, agradecem o estômago e o bolso.

Nada de almoço grátis

Não por opção, mas por pura necessidade, a equipe econômica não deve mais recorrer ao mesmo expediente de medidas de estímulo à economia dos governos passados, pelo menos na insuspeita opinião do secretário executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys. Esta semana, ao “Estadão/Broadcast”, ele declarou que pacotes com incentivos, subsídios à custa da União e proteção a determinados setores não serão adotados. A nova diretriz, afirmou, é apostar no aumento da competitividade para impulsionar o crescimento. Simples e complicado assim.

Reforma da Previdência

A colunista Bela Megale, de O Globo, informa que o governo finalmente resolveu fazer anúncios em programas de tevê e rádio para defender a reforma da previdência. Algumas das caras famosas da reforma são Luciana Gimenez, da Rede TV!, e Ratinho, do SBT. As ações de merchandising, segundo antecipou a Bela de O Globo, têm o objetivo de explicar para a população o que é a reforma. O próprio presidente Jair Bolsonaro, que faz pouco tempo preferia ser acometido de urticária brava do que falar na reforma da Previdência, também deve ir a programas de auditório para convencer o telespectador de que as mudanças na aposentadoria são o melhor caminho para o país. Só vendo pra crer.

Enquanto isso

O Brasil é o país da América Latina que mais gasta com aposentadoria e onde essas despesas têm trajetória mais explosiva, segundo dados divulgados esta semana pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). De acordo com o estudo, a Previdência consumiu nada menos do que 12,5% do PIB em 2015, último ano com dados disponíveis. Em 2065, se não houver reforma no sistema, esse número saltará para 50,1%. Isso representaria 138% da projeção de gastos em 2065.

IBGE contrata

No total, 3.926 pessoas devem ser contratadas para realizar o Censo 2020 no Rio Grande do Norte. A contratação de Analistas Censitários foi autorizada em Portaria do Ministro da Economia, Paulo Guedes, do último dia 29 de abril, e os profissionais de nível superior devem iniciar as atividades em setembro deste ano. O prazo de duração do contrato será também de até um ano.

Publicidade
Publicidade