Publicidade
Evento
Troféu Cultura acontece nesta terça com acesso gratuito ao Teatro Riachuelo
Cerimônia terá shows e entrega dos troféus para 14 categorias artísticas
Divulgação / Assessoria

As diversas expressões da cultura popular se encontrarão no palco do Teatro Riachuelo nesta terça-feira, 2, como temas da cerimônia da 15ª edição do Troféu Cultura. A festa terá acesso gratuito e o público poderá acompanhar a entrega das 14 premiações aos artistas e curtir apresentações do sambista Marcos Souto, do cantor popular Isaque Galvão, do rapper Miguel Carcará e outras surpresas.

As senhas de acesso serão distribuídas a partir de 12h desta terça-feira na Galeria Fernando Chiriboga, também no 3º piso do Midway. Serão disponibilizadas ao público 700 senhas. A festa tem início às 19h30 com roda de samba comandada pelo cantor e compositor Marcos Souto, que durante anos esteve à frente do projeto Quinta Viva do Samba, em frente ao Bar de Nazaré, centro nervoso do Beco da Lama, um dos maiores redutos boêmios de Natal.

O Beco da Lama da boemia e da contracultura foi uma das inspirações para compor o roteiro desta edição do Troféu Cultura. Além de Marcos Souto, o artista visual e rapper Miguel Carcará também fará apresentação, como um dos representantes responsáveis pelo trabalho de pintura nas fachadas do Beco da Lama e também da cultura popular da periferia.

A cerimônia será conduzida pelo ator e cantor Isaque Galvão, com suas pernas de pau e vozeirão para animar o público durante toda a festa. Três quadrilhas juninas representarão também a cultura popular, em breves esquetes. E homenagens à rouxinol potiguar Glorinha Oliveira e ao transformista e ator Zezo Silva, também irão compor a programação.

E entre todos esses números, o principal motivo da cerimônia: o reconhecimento à arte e à cultura produzida no Estado potiguar, quando serão anunciados, por convidados especiais, os vencedores das 14 categorias do Troféu, nas áreas de artes visuais, audiovisual, dança, fotografia, literatura, música, produção cultural e artes cênicas, além do Artista do Ano.

“Idealizamos uma festa voltada exclusivamente aos artistas; uma solenidade dinâmica e que contemple a cultura popular e inspirada na poesia marginal muito frequente no Centro Histórico de Natal. Abraçaremos diferentes linguagens, faremos homenagens e teremos um mestre de cerimônia com o talento de Isaque Galvão para animar o público”, ressaltou o idealizador do Troféu Cultura, Toinho Silveira.

Este ano, o processo de indicados e selecionados obedeceu a seguinte metodologia: 10 artistas foram indicados para cada categoria, baseado em consultas da coordenação do prêmio a especialistas em cada área. O público votou durante mais de dois meses em seus preferidos. Os 5 mais votados serão analisados por dois jurados que definirão o vencedor a ser anunciado durante a cerimônia.

Patrocínio
 
O Troféu Cultura 2018 tem patrocínio da Cosern e da Comjol, ambos por meio da Lei Câmara Cascudo, do Governo do Estado; e da Unimed, pelo Programa Djalma Maranhão, da Prefeitura de Natal, além do apoio da Faculdade Uninassau e do Caxangá Restaurante.

INDICADOS AO TROFÉU CULTURA 2018

PRODUTOR CULTURAL

– Ana Morena (Festival Dosol /Sonora Festival / Circuito Cultural Ribeira)
– Juçara Figueiredo (Fest Bossa & Jazz – Pipa e Mossoró)
– Tatiane Fernandes (Quartas Clássicas / FICI / Mostra de Cinema e Direitos Humanos)
– Nathalia Santana (Burburinho Festival de Artes / Cine Verão)
– Marcos Sá de Paula (Som da Mata e Bosque Encena)

LITERATURA

– “Espelho” – Camila Paula
– “Café e poesia”, organizado por David Leite e Clauder Arcanjo
– “Antonio Francisco: tradição e modernidade – uma poética da memória”, de Symara Tamara
– “Retratos Fora da Parede”, de Osair Vasconcelos
– “Anatomia do Ócio”, de Raimundo Leontino Filho

FOTOGRAFIA

– Luana Tayze
– Brunno Martins
– Fernando Chiriboga
– Alex Régis
– Tiago Lima

ARTES VISUAIS

– Renata Lisieux
– Miguel Carcará
– Daniel Torres
– Civone Medeiros
– Carlos Sergio Borges

AUDIOVISUAL

– Babi Baracho (Sem retrato e sem bilhete)
– Márcia Lohss (Enquanto o sol se põe)
– Sihan Felix (Maria e o espelho da quase memória)
– Rebeca Pelágio e Lucas Fernandes (O mistério das noites brancas)
– Paulo Dumaresq (Catarro)

ESPETÁCULO DE DANÇA OU PERFORMANCE

– Sonhos Lúcidos (Cia Shaman Tribal)
– Sobre nossos pés (Grudun – Grupo de Dança Universitário)
– Anticorpos (Domínio Cia de Dança)
– Chamada (Entre Nós Coletivo de Criação)
– Pelo Pescoço (Ana Cláudia e Mariana Hardi)

ATOR

– Igor Fortunato (Meu Seridó)
– Cesar Ferrario (Onde Nascem os Fortes)
– Pedro Fasanaro (Onde Nascem os Fortes)
– Rodrigo Bico (A jornada de um imbecil até o entendimento)
– Romero Oliveira (O Torto Andar do Outro)

ATRIZ

– Titina Medeiros (Meu Seridó / Onde Nascem os Fortes)
– Nara Kelly (Meu Seridó)
– Priscilla Villela (Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte / Onde Nascem os Fortes)
– Bárbara Cristina (Fogo de Palha)
– Luciana Duarte (A Farsa)

ESPETÁCULO DE TEATRO

– Meu Seridó (coletivo de artistas)
– A Jornada de um Imbecil até o Entendimento (Grupo Facetas, Mutretas e Outras Histórias)
– O Torto Andar do Outro (Cia Pão Doce)
– A Farsa (A Máscara de Teatro)
– Romeu e Julieta (Grupo Arruaça de Teatro)

BANDAS

– Plutão Já Foi Planeta
– Ribeira Boemia
– Luísa e os Alquimistas
– Potyguara Bardo
– Talma&Gadelha

CANTORES

– Sueldo Soaress
– Igor Fortunato
– Caio Padilha
– Allan (Rastafeeling)
– Zé Maria Pescador

CANTORAS

– Khrystal
– Valéria Oliveira
– Clara Menezes
– Simona Talma
– Clara Pinheiro

SHOWS

– Cartola – Simplesmente Divino (vários músicos, no Teatro Riachuelo)
– Rumo a Roma (Orquestra Sinfônica da UFRN, no Teatro Riachuelo)
– Igor Canta Caetano (Igor Fortunato, no Teatro Dix Huit Rosado)
– Cores do Nosso Samba (Valéria Oliveira, no Teatro Riachuelo)
– Uma Noite na Espanha (Orquestra Sinfônica do RN, no Teatro Riachuelo)

ARTISTA DO ANO

– Orquestra Sinfônica do RN (música)
– Khrystal (música)
– Titina Medeiros (artes cênicas)
– Orquestra Sinfônica da UFRN (música)
– Igor Fortunato (música/teatro)

Publicidade
Publicidade