Confira
O que Renato Russo quis mesmo dizer na letra da música ‘Há Tempos’?
Última parte da letra já vinha conciliando falsas contrariedades e encontrando ideias potencialmente positivas no que poderia ser negativo
Oscar Cabral/Reprodução
Na casa dele tem mesmo um poço? Se tinha qual o problema da água ser limpa?

Não se sabe se na casa do Renato Russo tinha um poço de verdade. Mas nesse poço poético cabe tudo o que se quiser colocar, e a água tem o sabor que se quiser beber, filosofa o crítico musical e professor da Universidade Federal do Sul da Bahia André Domingues.

“Para se aprofundar na metáfora final da canção, acredito que o caminho seja o de perceber que a limpidez da água contraria e desmistifica o aspecto escuro e misterioso do poço”, diz Domingues. Segundo o professor, a última parte da letra já vinha conciliando falsas contrariedades e encontrando ideias potencialmente positivas no que poderia ser negativo.

Um exemplo é quando a letra fala de um elo entre disciplina e liberdade, que aparentemente são contraditórias. “Nesse movimento se busca um remédio para os impasses de uma experiência histórica tida como triste, desencantada, ambígua”, afirma Domingues. Por isso que “só o acaso estende os braços a quem procura abrigo e proteção”.

 

Parece cocaína mas é só tristeza, talvez tua cidade.

Muitos temores nascem do cansaço e da solidão

E o descompasso e o desperdício herdeiros são

A glória da virtude que perdemos.

 

Há tempos tive um sonho, não me lembro

não me lembro…

 

Tua tristeza é tão exata

E hoje o dia é tão bonito

Já estamos acostumados

A não termos mais nem isso.

 

Os sonhos vêm e os sonhos vão

O resto é imperfeito.

 

Disseste que se tua voz tivesse força igual

À imensa dor que sentes

Teu grito acordaria

Não só a tua casa

Mas a vizinhança inteira.

 

E há tempos nem os santos têm ao certo

A medida da maldade

Há tempos são os jovens que adoecem

Há tempos o encanto está ausente

E há ferrugem nos sorrisos

E só o acaso estende os braços

A quem procura abrigo e proteção.

 

Meu amor, disciplina é liberdade

Compaixão é fortaleza

Ter bondade é ter coragem

Lá em casa tem um poço

mas a água é muito limpa.

 

Fonte: Superinteressante