Publicidade
Cultura
Grupo de dança aborda assédio em apresentação gratuita
Cerca de 37% das brasileiras passaram por algum tipo de assédio em 2018, segundo levantamento do Datafolha
Brunno Martins

O grupo de dança contemporânea potiguar, Entre Nós Coletivo de Criação, apresentará seu novo trabalho gratuitamente na Escola Estadual Antônio Pinto de Medeiros e no Parque das Dunas, nos dias 6 de 8 de dezembro, respectivamente. O espetáculo “Querendo…” aborda questões acerca de relacionamentos, incluindo o assédio feminino.

“Trazemos para a cena, as provocações masculinas e reações da mulher de forma clara e inteligente, onde mostramos a força feminina para combater o assédio. Ao levar este espetáculo para o ambiente escolar, contribuímos para o desenvolvimento social e a formação cultural da comunidade, através da apresentação e do debate que se segue. Dessa forma, nosso objetivo é educar através de uma obra que aborda o assunto de forma clara e de fácil assimilação”, explica Diana Fontes diretora do espetáculo.

O tema é bastante relevante, levando em contas que os números da violência contra a mulher são alarmantes: 22 milhões (37,1%) de brasileiras passaram por algum tipo de assédio em 2018, segundo levantamento do Datafolha feito em fevereiro deste ano, encomendado pela ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Em “Querendo…”, o premiado coreógrafo brasileiro, Henrique Rodovalho, carimba seu estilo peculiar, sempre com humor e movimentação cotidiana, falando – de uma maneira única e envolvente – sobre a tentativa de construir um relacionamento amoroso, os encontros e desencontros e o assédio sobre a mulher. O coletivo é formado pelos bailarinos João Alexandre Lima, Thazio Menezes e Anádria Rassyne, e já apresentou o espetáculo em diversos festivais no Nordeste, como o Festival de Inverno de Garanhuns e o Festival de Inverno de Campina Grande.

A apresentação na escola ainda será seguida por um bate-papo sobre temas abordados na obra. A companhia tem patrocínio do Governo do Estado, Lei Câmara Cascudo e Rio Center. “Querendo…” foi aprovado no edital para circulação de espetáculo Lenício Queiroga da FUNCARTE.

Publicidade
Publicidade